Skip to main content

Ameaças a Harada sobre o elenco de Tekken 8 podem causar imensos danos

Produtor explica que tais ameaças prejudicam toda a comunidade.

Image credit: Bandai Namco

Katsuhiro Harada, diretor de Tekken 8 e um dos principais responsáveis pela série Tekken, falou sobre o impacto que as ameaças e o lado mais tóxico da comunidade pode ter para todos, desde a própria equipa de desenvolvimento aos jogadores.

Harada comunica abertamente com os seus seguidores na X, mas no meio dos elogios e pedidos, surgem ameaças e insultos. O mais recente exemplo está relacionado com a personagem Eddy e Harada decidiu partilhar um desabafo, que serve também de alerta para comunidade.

"Quando as pessoas fazem este tipo de ameaças tontas, e e todos na comunidade adepta dos jogos de luta sofrem as consequências," começou por dizer Harada numa mensagem na qual partilha a ameaça de um jogador que se Eddy não estiver em Tekken 8, acertará na cabeça de Harada com um martelo em chamas.

"O organizador do evento exagera na reação e aumenta a segurança, o que aumenta os custos e aumenta o fardo sobre os jogadores que vão ao evento. No pior dos casos, o gestor pede-me para cancelar a minha presença no evento.

"Os donos da companhia, gestores e advogados 'não gostam de ser ameaçados', por isso pedem-me para cancelar a inclusão dessa personagem no jogo, mesmo que, por exemplo, esse detalhe ou personagem específicos envolvidos na ameaça 'estivessem planeados para introdução no jogo desde o início'."

Harada explica ainda que se pessoa que faz a ameaça usa a palavra "nós" ao invés de "eu" para representar os fãs, a probabilidade das consequências acontecerem é ainda maior, e Harada diz que, ao contrário do que estas pessoas pensam, não são de forma alguma vistas como representantes de toda a comunidade.

O produtor de Tekken 8 continuou e escreveu que "muitos não entendem isto. Eu não aceito as opiniões dos que usam 'nós' quando expressam o seu ponto de vista. É a equipa de desenvolvimento que decide se a opinição é da maioria ou da minoria, e a pessoa que expressa a sua opinião ao dizer 'Todos à minha volta o dizem! (no máximo 5 ou 6 pessoas à minha volta)' é irrelevante."

Harada diz que quando um membro da comunidade que se diz entusiasta se expressa desta forma, desmotiva rapidamente a equipa de desenvolvimento e nem sequer prestam atenção às suas mensagens.

Perante uma resposta que critica o seu desabafo e finaliza com "vou gastar o meu dinheiro noutro lado," Harada reagiu e respondeu que se tratou de um comentário inútil e quem nem teve em conta o que foi descrito.

Lê também