Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Alex Kipman deixou a Microsoft após as recentes acusações

Liderou o desenvolvimento do Kinect.

Alex Kipman, que liderou o desenvolvimento do Kinect e HoloLens, deixou a Microsoft após as recentes acusações de má conduta sexual no local de trabalho.

A Microsoft ainda não comunicou oficialmente a sua saída, mas o GeekWire avança que um comunicado interno informou a sua equipa que Kipman saiu como parte de uma reestruturação interna.

Scott Guthrie, responsável pela divisão da Microsoft para a nuvem e IA, informou os funcionários que as mudanças servem para acelerar os planos da companhia para os metaverso e que ao falar do futuro com Kipman, decidiram que esta seria a melhor altura para sair e perseguir outros objetivos.

Guthrie agradece todo o contributo de Kipman na empresa e elogia o seu trabalho como importante para as ambições da Microsoft nestes setores, elogiando ainda a sua visão sobre o futuro.

A mensagem nada fala das queixas apresentadas contra Kipman, mas certamente existem pessoas na Microsoft que vão sorrir ao saber que o alegado comportamento tóxico do ex-colega não continuará a fazer parte dos seus dias.

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários