Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Adam Sandler vai para o espaço no seu próximo filme da Netflix

Enquanto Idris Elba será um cowboy da era moderna num novo filme do serviço.

A Netflix assegurou duas novas produções que contam com nomes bem conhecidos, especialmente nos principais papeis, Adam Sandler e Idris Elba, que seguem em direções muito específicas.

Depois de Hubie Halloween, Sandler está pronto para continuar a sua parceria com a Netflix e o seu próximo filme, que ainda não tem nome, vai mostrá-lo numa aventura espacial.

Segundo avançado pelo Deadline, Sandler será o protagonista de um drama de ficção científica, inspirado no livro "The Spaceman of Bohemia" de Jaroslav Kalfar, no qual um astronauta é enviado numa missão espacial para recolher pó antigo no limiar da galáxia. Lá, uma estranha voz falará com ele e revelará soluções para a sua vida na Terra.

No entanto, essa voz pertence a uma criatura especial escondida na sua nave e caberá a Johan renck, que ganhou dois Emmys pelo seu trabalho na série Chernobyl, dar visão a esta trama para a Netflix apresentar à sua audiência mundial.

Outra novidade da Netfix é "Concrete Cowboy", um western moderno protagonizado pelo já referido Idris Elba, cuja estreia ocorrerá algures em 2021.

Realizado por Ricky Staub, "Concrete Cowboy" mostrará um adolescente que se muda de Detroit para Philadelphia com o seu pai, interpretado por Elba. Um apaixonado por cavalos e pela cultura cowboy da era moderna, Elba será Harp, um homem que terá de lutar contra a crescente gentrificação para manter um pouco do seu modo de vida.

"Concrete Cowboy" promete apresentar-se como um drama que transporta os cowboys para a era moderna.

Marcado com

Sobre o Autor

Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários