Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Activision tentou aceder aos computadores de Zampella/West

"Project Icebreaker" desvendado.

O conflito entre a Activision e Jason West/Vince Zampella, os ex-líderes do estúdio Infinity Ward, que desenvolveu Call of Duty: Modern Warfare e a sequela, atingiu proporções inimagináveis ao ponto da Activision querer espiar os seus ex-funcionários, pelo menos de acordo com os documentos obtidos pelo Giant Bomb.

Os documentos revelam detalhes de "Project Icebreaker", um plano elaborado pela Activision para conseguir aceder aos computadores de Jason West e Vince Zampella, tarefa que foi dada a Thomas Fenady, CIO (Chief information officer).

Fenady, que agora está a trabalhar na Warner Bros, aclama que a Activision queria descobrir informações que pudesse usar contra Jason West e Vince Zampella "para se ver livre deles". Fenady foi avisado para não ser apanhado, apesar de lhe ter sido dito por George Rose (Chief Public Policy Officer) para não se preocupar com as consequências porque Bobby Kotick, CEO da Activision, "trataria dele" caso alguma coisa acontecesse.

Para aceder aos computadores de Jason West e Vince Zampella a Activision tentou usar vários métodos, um deles foi contactar a Microsoft para ajudar a descobrir a password, mas esta recusou-se a tal coisa sem uma ordem do tribunal. Uma companhia chamada InGuardians também foi contactada pela Activision, mas que recusou a tarefa devido a questões legais.

Fenady revelou ainda que a Activision pensou em simular um incêndio na Infinity Ward para entrar no estúdio e aceder aos computadores de Jason West e Vince Zampella.

O caso de Jason West e Vince Zampella contra a Activision terá início a 29 de maio. A Electronic Arts também estava envolvida, mas decidiu resolver as coisas com a Activision fora dos tribunais.

Sobre o Autor
Jorge Loureiro avatar

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Comentários