Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

A PlayStation fala da importância de investir em Portugal

O apoio dos portugueses significa maior responsabilidade e investimento.

Image credit: PlayStation Portugal

A PlayStation celebrou recentemente o seu terceiro aniversário, o que para a Sony Interactive Entertainment Portugal significa entrar no quarto ano de apoio a uma consola que está a crescer com a ajuda de um ecossistema de dispositivos, criados para expandir o seu potencial. Como parte do MEO XL Games, que está a decorrer na Exponor, em Matosinhos, tivemos a oportunidade de saber mais sobre o atual momento da consola e da PlayStation em Portugal.

A conversa com Sandra Páscoa, marketing manager da Sony Interactive Entertainment Portugal, começou com a recente chegada do PlayStation Portal e a receção do público português ao reprodutor remotor, mais um dispositivo satélite que vive em torno da PlayStation 5, mas também falamos sobre o trajeto da PlayStation 5, do ritmo de lançamentos, dos esforços de localização e o quão importante é apoiar um país como Portugal.

Apesar das suas pequenas dimensões, Portugal está longe de ser tratado como um território menor pela PlayStation. Ao longo de décadas, a PlayStation Portugal trata os jogadores nacionais com o mesmo gabarito dos principais mercados globais. Seja no lançamento atempado das consolas, acessórios ou jogos, chegada de serviços ou na especialmente importante localização nacional para expandir a possível audiência, Portugal é tratado com especial carinho pela PlayStation.

Essa é uma aposta que não foi feita ao acaso e é uma das principais responsáveis pela popularidade da marca em Portugal. No entanto, a PlayStation Portugal não o dá como garantido e assegura que vai continuar a trabalhar para merecer a atenção do consumidor português.

Cover image for YouTube videoMarvel's Spider-Man 2 –Trailer de Imersão PS5 | PlayStation Portugal

O ano de 2023 foi um ano mais calmo em termos de lançamentos, isso afetou as vendas da PlayStation 5, o seu ritmo?

"Muito bom ritmo. A PlayStation foi lançada há 3 anos atrás e estamos agora a ter, finalmente, muito stock a chegar às lojas, algo que progressivamente, ao longo do ano, temos visto cada vez mais nas lojas e esta será a primeira campanha de Natal em que temos muito stock disponível nas lojas. Toda a gente que que quer comprar uma PlayStation 5 vai poder fazê-lo neste Natal e surge numa altura em que, apesar do que disseste, são já mais de dois mil e quinhentos jogos disponíveis para a PlayStation 5."

"Nós lançamentos agora o grande exclusivo Marvel's Spider-Man 2, a 20 de outubro, e tem sido obviamente a nossa grande aposta recentemente, mas é óbvio que existem outros jogos, mesmo não exclusivos para a plataforma que são obviamente importantes e temos na calha outros lançamentos que já foram anunciados e chegam em breve à PlayStation 5."

"É um ano em que temos stock nas lojas, temos muito conteúdo e software, falamos há pouco da inovação, portanto muita coisa também a nível de acessórios para deixar esta mensagem de inovação. Além disso, nesta altura da Black Friday, estamos com um ótimo desconto na PlayStation 5, menos 120 euros, portanto não podíamos estar mais satisfeitos por estarmos aqui a celebrar um 2023 extremamente positivo para a PlayStation e neste caso para a PlayStation 5."

Em termos do mercado nacional, a PlayStation 5 permitiu conquistar quota de mercado?

"Como sabes, não podemos divulgar números de mercado locais, mas estamos muito satisfeitos com a posição da PlayStation no mercado português de videojogos. Temos uma forte adesão da comunidade, um histórico de PlayStation no país que se mantém e bem, e estamos extremamente satisfeitos com aquilo que é a performance da PlayStation no mercado português. Não há muito mais que possa acrescentar em relação a isso pois não posso partilhar esses números, mas estamos muito satisfeitos com a adesão do público português à PlayStation, como tem sido ao longo destas décadas."

"Para nós é um forte compromisso, como sabes, entregar à comunidade portuguesa produto totalmente localizado em Português, quando lançamos os nossos jogos em exclusivo, em fazermos campanhas de marketing sempre com alguma iniciativa local, algum sabor local que gostamos tanto a nível de talento reconhecido para os jogos e alargar este universo, e contribuir para a expansão da indústria dos videojogos em Portugal."

"Esse tem sido sempre o compromisso da Sony e continua a ser e temos um forte apoio da PlayStation a nível global em relação ao mercado português. O facto de estarmos aqui hoje, num evento como o MEO XL Games, com a área que também viste, com as estátuas do Peter e Miles, apenas existem duas na Europa. Para nós isso é um compromisso, um compromisso de tentarmos sempre trazer e acrescentar alguma coisa ao público português, que seja diferente, que seja parte do nosso ADN na PlayStation Portugal. Esse compromisso continua muito firme."

Cover image for YouTube videoMarvel’s Spider-Man 2 – Trailer de Lançamento EM PORTUGUÊS! I PlayStation Portugal

Falando ainda do mercado nacional, é fácil justificar o investimento na localização de conteúdos?

"Na realidade, não precisamos justificar, pois, é algo que já está cimentado naquilo que é o compromisso da PlayStation com o mercado português. Tem sido sempre assim e nós também devolvemos em termos de conseguir explorar ao máximo essas oportunidades de localização, como disse há pouco, tanto com o uso do talento reconhecido, perceber que nós acreditamos firmemente nisto. É óbvio que há público para tudo. Quanto mais opções dermos aos jogadores, mais jogadores nós vamos trazer para os videojogos e para este tipo de entretenimento."

"Para muitas pessoas, o facto de termos jogos em Português de Portugal é fundamental para usufruírem de entretenimento, como no caso da PlayStation."

Vocês têm acesso a métricas que indicam o número de pessoas que jogam nas versões localizadas e que incentivem esta iniciativa?

"É fácil perceber isso até nas críticas dos jogos ou quando vemos os comentários que temos, como agora no caso de Marvel's Spider-Man 2. Quando anunciámos o talento e o hype que houve em torno de termos o Carlão, um bocadinho de wild card no papel de Venom, e de facto os comentários foram bastante positivos ao papel de localização, ao trabalho que os atores fazem. Tanto atores reconhecidos como atores que são atores de dobragem profissionais."

"Tudo isso é um barômetro que nos alimenta e que justifica, e muito, que se continue a apostar na localização de jogos em Português de Portugal. A qualidade é sempre o barômetro. Não chega dizer que estás a localizar em Português de Portugal, é importante que de facto isso seja com qualidade e acho que temos feito muito esse trabalho e estamos muito orgulhosos desse caminho."

Ainda sentem algum estigma em termos da localização e jogar com as vozes originais?

"Alguns dos comentários que vimos vão um bocadinho nesse sentido. As pessoas às vezes vão com um pouco de preconceito, mas depois acabam por experimentar e reconhecem que há qualidade. Não quer dizer que não pudessem usufruir do jogo na versão original, mas reconhecem essa qualidade e reconhecem que para muitos jogadores isso é fundamental, para usufruir deste entretenimento, e isso alarga o mercado."

"Isso é a melhor coisa que podemos trazer para o mercado de videojogos é que mais gente entenda o que é este universo dos videojogos, desfrute e possa desfrutar com o máximo de oportunidade de entender o que é o conteúdo."

Cover image for YouTube videoExplora Novos Mundos - PS VR2 | PlayStation Portugal

Sobre o PlayStation VR2 em Portugal, sendo algo tão de nicho, conseguiu encontrar público nacional?

"O PlayStation VR2 é um produto que também veio trazer inovação dentro do ecossistema PlayStation 5, neste caso. É o melhor dispositivo de realidade virtual de gaming no mercado, acreditamos piamente nisso, e de facto é uma experiência premium dentro daquilo que é a nova geração e a PlayStation 5. Tem o seu público e os seus jogadores, que estão extremamente satisfeitos com aquilo que é o produto e o feedback é extremamente positivo. Não temos números para anunciar e não posso falar em metas de vendas locais, mais estamos muito satisfeitos com a adesão ao produto e com o que acrescenta enquanto dispositivo em termos de inovação para o ecossistema PlayStation 5."

Sobre o aumento de preço da PlayStation 5, a primeira vez que aconteceu na história da marca. Sentiram impacto nas vendas?

"Esse reposicionamento já aconteceu há algum tempo e na realidade, aquilo que podemos dizer é que não sentimos isso por parte da adesão do público. Acho que houve uma compreensão bastante grande da comunidade que foram fatores de mercado, neste caso condicionantes macro económicos e na altura, quando foi feito esse reposicionamento, foi falado publicamente sobre essas questões e aqui estamos, num ano em que temos consolas nas lojas, jogos, grandes exclusivos lançados e inovação a chegar à plataforma."

"Estamos super satisfeitos com o caminho da PlayStation 5 em Portugal e sabemos que é esse o feedback da comunidade. A comunidade continua connosco e estamos muito agradecidos por poder celebrar com o público português este grande momento da PlayStation 5."

Para 2024, quais os planos?

"O nosso compromisso é continuar a entregar inovação. Isso acontece todos os anos na PlayStation. Não sabemos ainda, não estamos em posição de anunciar hoje alguma coisa. O nosso compromisso continua firme, continuamos a investir e bem no ecossistema PlayStation 5 e apenas podemos esperar coisas boas para o futuro da PlayStation, neste caso da PlayStation 5."

Cover image for YouTube videoFinal Fantasy VII Rebirth – Trailer de anúncio da data de lançamento | PlayStation Portugal

Sign in and unlock a world of features

Get access to commenting, newsletters, and more!

Related topics
Sobre o Autor
Bruno Galvão avatar

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Comentários