Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

343 pede desculpa pelo nome ofensivo de um cosmético em Halo Infinite

Emblema da emancipação dos afro-americanos recebe nome de um macaco.

A 343 veio pedir desculpa por um incidente recente relacionado com um cosmético dedicado à celebração do Juneteenth, um feriado nacional anual nos Estados Unidos, no dia 19 de junho, celebrado em várias zonas. Este dia comemora a emancipação dos afro-americanos escravizados e a celebração da cultura afro-americana.

Mas o problema não está no design do cosmético, mas sim no nome que lhe foi originalmente atribuído, a de um macaco denominado Bonobo, que é uma das duas espécies incluídas no género Pan.

"Fomos alertados para uma escolha de paleta para o nosso emblema Juneteenth que continha um termo que era ofensivo e doloroso. A equipa tratou imediatamente desta questão através de uma atualização"

"Somos um estúdio e uma franquia que está empenhada na inclusão onde todos são bem-vindos e apoiados para serem o seu verdadeiro eu. Em nome de 343, peço desculpa por fazer de um momento celebrativo um momento doloroso."

Segundo Bonnie Ross, que fundou e dirige a 343, Bonobo é o nome de um conjunto de ferramentas internas e que não houve intensão de o aplicar ao cosmético.

"Embora o nome original se refira a um conjunto de ferramentas internas, não se destinava a ser aplicado a este conteúdo e reconhecemos os danos que ele possa ter causado."

Sobre o Autor

Adolfo Soares avatar

Adolfo Soares

Director

É o nosso homem do PC, por isso qualquer coisa é com ele. É também responsável pelo Eurogamer, bem como dá uma perna nas notícias.

Comentários