MotoGP 09/10

Acelerem, mas não muito.

Versão testada: PlayStation 3

Com a nova temporada de MotoGP a bater à porta, a Capcom vai lançar neste mês de Março a sua série que detém os direitos deste campeonato de velocidades que se desenrola sobre duas rodas. Prometido é devido, e pela primeira vez num jogo de MotoGP, poderão jogar à medida que o verdadeiro campeonato se desenrola, e para apimentar as coisas, a Capcom e a Monumental Games prometem actualizações e conteúdos descarregáveis grátis com as informações e elementos necessários para se sentirem verdadeiramente na pele de um piloto neste campeonato 2010 de MotoGP.

A dificuldade do jogo foi claramente planeada para agradar a todos, assim, veteranos deste tipo de condução ficarão satisfeitos, e para os novatos, o desenrolar da aprendizagem deverá suceder-se de maneira rápida. A inclusão das linhas de condução é bem-vindas, principalmente para quem nunca jogou algo do género. Estas indicam quando devemos acelerar ou travar, por que lado da pista devemos seguir e o momento certo para virar numa curva. Para quem gostar de um desafio, existe sempre a opção de desligar estas ajudas e podem aumentar a dificuldade do jogo, o que causará uma maior perícia e agressividade em termos de condução da IA.

3

Inclinem-se bem nessas curvas, mas cuidado para não derraparem.

Como um guia introdutório ao jogo, temos uma voz sempre presente que descreve os vários modos e vai dando conselhos para facilitar a nossa adaptação ao jogo. Ao princípio revela-se útil, mas depois acaba por se tornar repetitiva e chata.

O destaque em MotoGP 09/10 vai para o modo Carreira, que sofreu uma reestruturação e apresenta-se de forma simplificada mas com todas as funcionalidades necessárias para o tornar divertido e viciante, até mesmo para quem nunca teve interesse em MotoGP. A evolução é feita através de níveis e quanto maior for o nosso nível maiores serão as nossas recompensas (melhores motas, patrocínios, engenheiros, etc). Para subir de nível, necessitamos de ganhar pontos de reputação e a nossa forma de conduzir, vai se reflectir na quantidade de pontos que ganhamos por corrida. Se embatermos nas motas dos pilotos adversários, tivermos acidentes e ficarmos nos últimos lugares da tabela classificativa, estes factores irão causar uma penalização no cálculo dos pontos de reputação no final de uma corrida. Aproveitem as “slipstreams” e façam várias ultrapassagens e serão recompensados com mais pontos de reputação.

Uma novidade no modo carreira é a contracção de pessoal para a nossa equipa. Podemos contratar dois tipos pessoas: engenheiros e assessores de imprensa. A função dos engenheiros é a investigação de melhorias para a nossa mota. São vários os aspectos que podemos melhorar, motor, pneus, travões, suspensão, caixa de mudanças, entre outras. Os assessores de imprensa são responsáveis por cuidar da nossa imagem e arranjar patrocínios. Cada patrocínio têm uma condição, por exemplo, acabar uma corrida entre os dez primeiros, ou outras coisas desse género. Os patrocínios são importantes pois providenciam dinheiro, e é com este dinheiro que pagamos ao pessoal da nossa equipa.

Comentários (5)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!