FIFA Manager 10

Para quem procura outros ares.

Com o lançamento de jogos como Championship Manager 2010 e Football Manager 2010, pouco espaço existe na mente dos jogadores para outro título de gestão futebolística. Não é fácil competir com estes dois colossos, mas FIFA Manager tem conquistado o seu espaço, muito por mérito próprio já que a série tem vindo a fazer progressos e a elevar a sua qualidade.

FIFA Manager destaca-se dos seus rivais pelo facto de exigir do jogador mais do que a gestão de um plantel, das finanças e de todo o staff desportivo. Aqui, temos que trabalhar um conjunto de outros aspectos relacionados com um verdadeiro clube de futebol, como a construção e melhoramento de infra-estruturas, em que temos que negociar com arquitectos, e até gerir a nossa vida particular caso optemos por essa via (na versão deste ano podemos desactivar). De facto é um jogo mais abrangente que os seus rivais, com uma enormidade de opções que podem ser editadas, conferindo ao jogo uma complexidade aparente, que na realidade se torna simples e acessível.

A versão deste ano vem acompanhada por muitas melhorias, muitas delas são indetectáveis pelo facto de estarem relacionados com a estrutura/código do jogo, mas outras saltam logo à vista, como é o caso do novíssimo modo Online, onde podemos competir contra um máximo de sete oponentes de todo o mundo. Temos também um interface redesenhado, um novo motor 3D que contém novas animações para tornar o jogo mais real, e até a possibilidade de personalizar o nosso aspecto físico, que será visível durante os jogos visualizados em 3D.

1

Bom detalhe dos jogadores em campo.

O novo motor 3D veio de facto adicionar muitas animações ao jogo, as versões anteriores pecavam nesse aspecto, já que não conseguíamos distinguir qual o jogador que estava de posse da bola devido à pouca semelhança do estilo de jogo, em relação à realidade. É claro que mesmo com estas novas animações o resultado final não é tão impressionante como o que foi conseguido em Football Manager 2010, já para não falar das fantásticas animações presentes em Championship Manager 2010. Muitas jogadas são algo descabidas, onde os movimentos vão completamente contra as leis da física, felizmente que no global está aceitável. Outro lado menos positivo deste novo motor tem a ver com o frame-rate, o jogo corre sempre a 30FPS, criando um certo desconforto nos olhos. Impressionantes estão os estádios, principalmente dos clubes mais conhecidos, temos mesmo a sensação que estamos no terreno de jogo.

Comentários (7)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!