Eurogamer.pt

Digital Foundry - Actualização a Minecraft na Switch melhora mais além a resolução

Melhor performance mobile.

Minecraft na Switch é um dos melhores aproveitamentos do design híbrido da Nintendo, oferece uma versão completa do clássico com funcionalidade para 4 jogadores - seja na dock ou portátil. Mas o seu lançamento foi afectado por dois factores: uma pobre resolução a 720p mesmo na dock e fortes quedas na performance em modo de ecrã dividido. A 4J Studios prometeu que iria tentar subir a resolução para 1080p e conseguiu - mais do que isso, apesar do aumento de 2.25x na resolução, também temos melhor performance em ecrã dividido.

Em entrevista com a TIME, Richard Reavy disse que "tudo o resto permanece igual. Queríamos ter a certeza que aumentar a resolução não causaria problemas." No lançamento, a Microsoft confirmou que alternar entre resoluções entre modos dock e mobile causavam problemas com o HUD. Mas na actualização 1.06, a 4J Studios ultrapassou o problema.

Como podem ver no vídeo que temos nesta página, o estilo visual de Minecraft beneficia imenso com o aumento na resolução, colocando-o a par das expectativas no momento do lançamento - e apesar de compromissos em outras áreas, até se compara bem com a imagem 1080p da PS4. Full HD nativa é algo muito importante para quem tem um ecrã 1080p: não estamos mais à mercê do conversor da Switch. Como seria de esperar, até o menu corre a 1080p.

Tudo o que precisas saber sobre a actualização 1.06 de Minecraft na Switch.

Num jogo como Minecaft, um aumento na resolução é mais importante do que parece. O jogo orgulha-se da sua simplicidade, usa texturas de baixa resolução para construir um mundo de blocos. Mas o salto para 1080p beneficia imenso as longas distâncias de visão. Olhar para as tuas criações ao longe, a melhoria é impossível de ignorar quando comparada com a imagem 720p, tirada da versão de lançamento. Um bónus surpresa aqui está no filtro de texturas que também foi melhorado, a resolução superior aumenta o conjunto de amostras: significa que tens superfícies mais limpas e nítidas em ângulos mais apertados.

Até agora só temos ganhos, mas existem sacrifícios? Bem, a boa notícia é que a distância de renderização permanece igual, entre os 11 e 12 blocos na dock, enquanto o tamanho do mundo permanece na média de 3072x3072 blocos. O pop-in surge nos mesmos pontos ao passear pelo mundo. Não existem outras mudanças visuais. A boa notícia é que já era aceitável para a Switch, nada foi comprometido para dar à GPU maior taxa de preenchimento para alcançar o aumento na resolução.

Richard Reavy explicou que podemos agradecer isto à optimização extra. O que afastava a equipa de 1080p era a transição da e para a dock, com isso corrigido, a Switch pode despoletar mais do seu potencial. É compreensível que manter tudo a 720p fosse mais fácil para o lançamento, mas agora que temos a actualização, não existem problemas ao alternar entre os dois modos. Com a excepção de uma rápida renderização do esquema de blocos na dock, é um salto ininterrupto entre os dois modos.

Patch 1.06Launch

A v1.06 é uma grande melhoria. Esta comparação na dock entre o código de lançamento e a actualização mostra o dramático aumento na qualidade de imagem.

Patch 1.06Launch

A v1.06 é uma grande melhoria. Esta comparação na dock entre o código de lançamento e a actualização mostra o dramático aumento na qualidade de imagem.

Patch 1.06Launch

A v1.06 é uma grande melhoria. Esta comparação na dock entre o código de lançamento e a actualização mostra o dramático aumento na qualidade de imagem.

Patch 1.06Launch

A v1.06 é uma grande melhoria. Esta comparação na dock entre o código de lançamento e a actualização mostra o dramático aumento na qualidade de imagem.

Patch 1.06Launch

A v1.06 é uma grande melhoria. Esta comparação na dock entre o código de lançamento e a actualização mostra o dramático aumento na qualidade de imagem.

Patch 1.06Launch

A v1.06 é uma grande melhoria. Esta comparação na dock entre o código de lançamento e a actualização mostra o dramático aumento na qualidade de imagem.

E o rácio de fotogramas? No nosso teste ao nível tutorial, não existem problemas em manter os 60fps. Tendo em conta que a Switch corria muito bem nos 60fps - tendo melhor performance que a PS4 a 1080p - sugere que havia muita margem de manobra para trabalhar originalmente a 720p. O fill-rate extra é agora aproveitado de forma eficaz e continuas com 60fps fixos a solo. Temos algumas quedas prolongadas para meios 50s - cerca de 2-3fps do que na versão de lançamento. Mas mesmo em áreas mais complexas, a performance não parece estar pior. É isto que queríamos e os soluços foram reduzidos, quando comparado com os testes originais.

Persona 5: Confidants, Social Links e Romances Persona 5: Confidants, Social Links e Romances

A solo está excelente, mas fica ainda melhor quando olhámos para o modo ecrã dividido na dock. Na versão original, podia variar entre 40fps fixos até 60fps. O bloqueio a 40 e a 60 pode sugerir uma espécie de double-buffer na v-sync, criando um rácio de fotogramas inconstante, visível nos nossos gráficos e um tempo de fotogramas soluçante. Com a actualização 1.06, algo mudou: a média do rácio de fotogramas subiu e apesar de permanecer entre 40 a 60fps, a performance é mais suave no geral e o movimento sente-se menos estranho. Isto até beneficia a Switch em modo portátil, onde os saltos entre 30fps e 60fps desapareceram onde os encontrámos - e sim, o modo de ecrã dividido renderiza a 1080p nativa.

Melhor qualidade de imagem e melhor filtro de texturas são o mais importante aqui, mas a boa notícia é que tem pouco, ou nenhum, custo na performance. Na verdade, para quem joga em ecrã dividido, é surpreendente que isto signifique melhorias no rácio de fotogramas além da resolução. Esta actualização a Minecrat é uma das mais radicais melhorias visuais vistas na Switch. De 720p para 1080p sem compromissos não é algo trivial, a 4J Studios merece respeito pelo que fez.

Publicidade

Comentários (2)

Criar uma nova conta

OU