Eurogamer.pt

Digital Foundry - Star Ocean 4 é um jogo de consola com um menu de definições de PC

Os jogadores PS4 e Pro têm todo o conjunto de definições à escolha - mas isso é bom?

Os videojogos nas consolas dedicam-se a entregar uma experiência específica para cada plataforma, ajustada pelo estúdio. Já vimos opções para rácios de fotogramas superiores mas nada como o conjunto completo de opções presentes no PC...até agora. É isso mesmo que a Tri-Ace apresenta no remaster PlayStation 4 de Star Ocean: The Last Hope. Todos os aspectos que podes ajudar no PC estão disponíveis na PS4, será uma coisa boa?

Este remaster promete resoluções até 4K nativa na Pro, enquanto na PS4 base tens 1080p. O alvo são 60 fotogramas por segundo nas duas - desde que acertes nas definições. Anteriormente, o jogo estava bloqueado a 30fps na PS3 e Xbox 360, enquanto as batalhas corriam a 60fps com muitos slowdowns.

O salto para 60fps em todo o jogo melhora imenso a experiência, mas conseguir um resultado fixo depende da resolução escolhida. Na PS4 base, podes escolher entre 720p e 1080p, enquanto na Pro podes optar entre 1440p ou 4K nativa. É uma grande melhoria por si só. Na Xbox 360, o jogo corria a 1248x702 com uma borda preta no mundo e cutscenes. As batalhas corriam a 900x510. Sim, um pouco acima da definição padrão.

Apesar de muitos dos assets serem os mesmos da anterior geração, a nitidez extra transforma o jogo, criando uma imagem muito mais atractiva. Na Xbox 360, apresentava muito ruído na imagem mas este remaster fica mais perto de uma imagem cristalina, a 4K nativa na Pro consegues a melhor opção - mas existem mais opções.

O remaster comparado com o original - mas o destaque são as opções e como afectam o jogo.

Desde logo tens a escolha do estilo visual e isto permite-te alternar entre dois estilos de menu. O modo de sombras automáticas deve ser óbvio - permite mapas de sombras no mundo e personagens. Depois tens o blur de câmara - um efeito subtil adicionado ao rodar a câmara. Está bom, mas não adiciona muito à experiência e não tem muito impacto na performance. É uma questão de preferência.

A distância de apresentação de personagens dita a distância de visibilidade para os NPCs e monstros, enquanto o detalhe das texturas é óbvio, mas não parece afectar os visuais. A resolução das sombras faz o que esperas: as opções de maior qualidade têm bom aspecto mas afectam a performance em zonas mais largas em modo 4K na Pro. Existem vários tipos de anti-aliasing, todos eles variantes de FXAA e com diferenças mínimas.

Nenhuma destas definições tem um grande impacto na qualidade dos visuais, mas existem pequenas melhorias e a diferença sobre as versões originais é enorme. Mas a questão é até que ponto estas escolhas afectam o gameplay? Na Pro a 4K nativa, as impressões iniciais são boas e o jogo corre a 60fps sem problemas, mas quando começas a explorar torna-se aparente que os rácios de fotogramas não são estáveis o suficiente. Graças à v-sync de duplo-buffer, a performance flutua imenso dependendo da carga, resultando numa experiência inconsistente. Acede ao menu de definições e começa a acertar as coisas.

PlayStation 4 ProXbox 360

O salto na resolução da Xbox 360 para a PS4 Pro é significativo. Mesmo com mudanças mínimas, o jogo está mais limpo.

Self-Shadow OffSelf-Shadow On

Activar as sombras permite que os personagens criem sombras, criando um aspecto mais realista.

Camera Blur OffCamera Blur On

O blur de câmara aplica um subtil efeito à rotação da câmara com pouco impacto na performance. Este efeito foi usado na Xbox 360 para suavizar a performance inferior nas secções de exploração.

Depth of Field OffDepth of Field On

O campo de profundidade produz um blur de profundidade que varia de acordo com a proximidade do objecto. É um belo efeito mas tem o seu custo na performance e adapta-se de acordo com a resolução, significando que se sentemais a 1440p e 4K.

Reduzir a distância dos personagens, a qualidade das sombras, desactivar o campo de profundidade e motion blur permite correr a 60fps em muitas cenas, a 4K nativa. O problema é que isto não desactiva o campo de profundidade ao usar os movimentos blindside durante os combates - algo que será regular. A câmara aproxima-se e a performance afunda-se. No entanto, descer para 1440p limpa isto, permitindo 60fps durante os combates.

Isto é mais complicado em modo 4K nativa - podes ajustar à vontade as definições, o blindside resulta sempre em grandes quedas. Dá para jogar mas não é bonito. A opção para 4K nativa está lá, mas quem procura uma performance estável fica melhor a 1440p. É pena: se os programadores tivessem aplicado uma opção para o campo de profundidade, poderias jogar o jogo a 4K60. Actualmente, obter uma performance mais consistente significa descer para 1440p - mesmo aqui, existem algumas quedas e somente a 1080p fica fixa.

Os programadores basicamente entregam a optimização da performance aos jogadores, mas a ironia é que apesar de aliciar os jogadores com a possibilidade de um remaster 4K60, as opções que tens não chegam para o conseguir. Desligar o campo de profundidade não desactiva o efeito durante os blindside e remove essa possibilidade.

É uma novidade ver estas definições nas consolas, mas podem distrair imenso. Foi uma boa ideia incluir as definições PC num jogo de consola? Muitos jogos de consola chegam com performance instável e este tipo de opções poderia permitir estabilizar a performance. Existem argumentos a favor e contra.

De momento, se tens uma Pro, existem duas opções para maximizar a performance. Se queres 4K nativa, terás de aturar os blindsides lentos e outras quedas durante os combates, mas com estas definições, pelo menos podes chegar a 60fps no resto do tempo. Se preferes efeitos mais bonitos, desce para 1440p e sobe todas as definições menos o campo de profundidade. Corre melhor a 60fps com as funcionalidades gráficas mais avançadas. Estas definições também fornecem uma performance estável a 1080p na PS4 base. O campo de profundidade também pode ficar activo, não parece ter um impacto forte nesta resolução - pelo menos no início do jogo.

Persona 5: Confidants, Social Links e Romances Persona 5: Confidants, Social Links e Romances

É fascinante ver um conjunto completo de opções gráficas num jogo de consola, mas não adiciona assim tanto ao pacote. Falta uma opção para 30fps correctos que nos permita correr a 4K com tudo no máximo. Os programadores até poderiam ter apresentado as suas definições para 4K60 fixos - certamente teriam encontrado rapidamente o bug no campo de profundidade.

Este é o problema neste remaster. O menu de definições é uma boa opção, mas não existe margem de manobra para obter a melhor performance para quem sabe o que faz. Não estamos totalmente confortáveis com a ideia dos jogadores menos habituados mexerem ou sequer compreenderem o que as opções oferecem. Sentimos que pré-definições bem pensadas com performance garantida seriam mais úteis.

Publicidade

Comentários (2)

Criar uma nova conta

OU