Eurogamer.pt

Digital Foundry - Fortnite corre melhor na Xbox One

Um jogo Unreal Engine 4 da Epic Games.

O Unreal Engine 4 está a ganhar tracção como um dos mais populares motores multi-plataformas do mercado, por isso é surpreendente ver que a própria Epic Games demorou tanto tempo para lançar um jogo em todas as consolas de actual geração e PC. O resultado em Fortnite é similar a muitos dos resultados vistos em jogos de outras companhias - sim, a PS4 tem uma GPU mais poderosa, resultando em melhor qualidade de imagem. No entanto, existem surpresas: de momento, Fortnite corre melhor na Xbox One.

No entanto, não entres em Fortnite à espera de uma intensa demonstração gráfica desenhada para levar o motor ao limite - isto não é o equivalente UE3 de maravilhas da anterior geração como Gears of War ou Unreal Tournament. Fortnite opta por visuais mais estilizados, estilo cartoon, para o seu intrigante gameplay que combina tiros na terceira pessoa com defesa de torres. O seu estilo visual distinto adequa-se bem a UE4, a excelente solução anti-aliasing temporal da Epic produz uma apresentação suave, ligeira em detalhe mas colorida e vibrante, ganhando vida através de animações bem conseguidas.

Tecnologicamente, tudo aponta para um favorecimento da PS4. Na PS4 base tens 1080p a 30 fotogramas por segundo, enquanto na Xbox One corre a 900p. O resultado final é uma imagem menos nítida na Xbox One, mas é apenas aparente em detalhe distante e em comparações lado a lado. A extensa conduta pós-processamento do UE4 é um bom nivelador aqui e o filtro anisotrópico é similar nas duas consolas, criando um aspecto ligeiramente ensopado nas texturas do chão, quando vistas de ângulos oblíquos. As diferenças são poucas, mas existem sinais de detalhe ambiental inferiorizado na Xbox One.

A PS4 Pro mantém a mesma resolução de 1080p, mas a Epic melhora a apresentação visual com uma distância de visão aumentada, oclusão ambiental melhorada, TAA refinada, resolução de luz volumétrica aumentada, feixes de luz e partículas via GPU mais numerosas. No papel, é uma impressionante lista de melhorias, mas na vida real é mais subtil, ao ponto de ser difícil encontrar diferenças no meio da acção ou até em comparações lado a lado. Apenas a performance melhorada afecta a qualidade do gameplay.

Eis os primeiros pensamentos sobre Fortnite nas consolas - a Xbox One consegue uma experiência mais suave.

A performance é mesmo o grande diferenciador nas consolas, a Xbox One consegue uma vantagem palpável, ao ponto de a considerarmos uma clara melhoria sobre a PS4 e mais refinada até que a PS4 Pro. Em termos de consolas, existe uma clara classificação em termos da suavidade de Fortnite.

Em último temos a PS4, que sofre com 3 problemas - ocasionais soluços com picos de tempo de fotogramas a 100ms, quedas sustentadas na performance para meios 20s quando surgem entidades nas áreas e mau ritmo de fotogramas. Este último assegura que mesmo que Fortnite esteja a correr a 30fps, o seu alvo, sente-se na mesma instável; uma experiência inconsistente que resulta em saltos e descidas dos 33ms.

Depois temos a versão PS4 Pro, que fica mais perto dos 30fps e sofre com pequenas escapadelas, apesar de ocasionalmente surge o soluço a 100ms. Talvez esteja relacionado com as funções do código de rede, tendo em conta que os soluços podem ocorrer a qualquer momento, independente do que se passa no ecrã. Estes picos de 100ms também acontecem na Xbox One, mas o aspecto geral na consola Microsoft é reforçado com um ritmo de fotogramas perfeito a 33ms. Dá um ar mais consistente e um nível de performance muito próximo do da versão PS4 Pro.

Zelda Breath of the Wild: Como obter a Master Sword Zelda Breath of the Wild: Como obter a Master Sword

O PC é a melhor forma de jogar Fortnite - colocámos o jogo num equipamento gaming mainstream, combinando uma RX 580 com um Core i5 6500. Na maioria do tempo, o gameplay corre a 1080p60 com as definições em 'epic', mas as cenas mais exigentes podem causar quedas perceptíveis. Ajustar as definições resolve isso - baixar as sombras de 'epic' para 'high' pode recuperar até 12fps durante gameplay e afecta pouco a qualidade visual.

De momento, é um jogo divertido que, apesar do longo período em desenvolvimento, ainda está em formato de Acesso Antecipado e com problemas para resolver. Especialmente na versão PlayStation que precisa de optimizações. Performance inferior na PS4 base é surpreendente e precisa de ajustes, mas resolver os problemas no ritmo de fotogramas é mais importante. Além disso, resolveria a maioria dos problemas que encontrámos na PS4 Pro, que se tornaria na versão preferida nas consolas. De momento, se não conseguires jogar no PC, é na Xbox One que terás a experiência Fortnite mais suave.

Publicidade

Comentários (50)

Criar uma nova conta

OU