Eurogamer.pt

Bungie bloqueia Raid Prestige de Destiny 2 a quem não comprou o DLC

Já há pessoas a pedir reembolso do jogo.

Com a chegada do DLC "Curse of Osiris", algumas das actividades de Destiny 2 ficaram inacessíveis para aqueles que optaram por não comprar o DLC. Importa sublinhar que estas actividades faziam parte do jogo base.

Por outras palavras, a Bungie pegou em conteúdos que estavam previamente disponíveis e agarrou-os ao DLC. Os conteúdos em questão são as dificuldades Prestige da Raid e da Nightfall. A playlist de Strikes heróicas também está inacessível, apesar de requerer apenas 270 de Poder.

O que aconteceu foi que, a Raid e Nightfall Prestige passaram a requerer 330 de Poder (previamente era 300). Anteriormente, antes do DLC, o Poder máximo era de 305. Portanto, quem não comprou o DLC não pode subir de Poder e não tem acesso às actividades mais difíceis.

"Com o bloqueio da Raid e da Nightfall Prestige, deixa de ser possível de desbloquear todos os troféus"

Isto já aconteceu antes. Por exemplo, na transição de House of Wolves para The Taken King no primeiro jogo, a actividade Trials of Osiris, que estava incluída em House of Wolves, passou a fazer parte de The Taken King.

No entanto, há uma pequena diferença desta vez que está a irritar os fãs e a levar alguns a pedir reembolso. A diferença é que, com o bloqueio da Raid e da Nightfall Prestige, deixa de ser possível de desbloquear todos os troféus, pelo menos sem comprar o DLC.

Um dos tópicos mais populares no Reddit de Destiny é precisamente sobre isto. O autor da tópico afirma que é possível pedir reembolso, mostrando um email da Xbox a confirmar a devolução. A justificação para o reembolso é que deixou de ser possível completar o jogo a 100 porcento sem o DLC, o que é verdade.

É uma situação lamentável. Mais uma vez a comunidade de Destiny 2 está descontente com a Bungie. A nossa análise ao DLC Curse of Osiris será publicada em breve.

Publicidade

Comentários (102)

Criar uma nova conta

OU