Eurogamer.pt

Skylanders Imaginators - Análise

Pela primeira vez podemos criar a nossa personagem.

Este ano existe uma figura Skylander de Crash Bandicoot. No jogo a personagem criada pela Naughty Dog é um Sensei do tipo vida.

Skylanders Imaginators traz frescura à série com a criação de personagens. É divertido, mas as barreiras monetárias são irritantes.

O novo Skylanders permite dar asas à imaginação. Até agora os jogos desta série apelativa para os mais novos deixavam brincassem e jogassem com figuras pré-concebidas, e embora a variedade de figuras fosse sempre óptima, não eram capazes de oferecer o mesmo gozo de criar o nosso próprio Skylanders. Esta é grande novidade de Skylanders Imaginators. Através dos cristais de criação podem criar a vossa própria personagem no jogo, mas tal como nos anteriores, se quiserem tirar partido de todos os conteúdos, precisam de investir mais dinheiro para além dos 69.99 euros do Starter Pack, que inclui dois Senseis, um cristal de criação do tipo Fogo e portal, que é idêntico ao do ano passado.

Todos os Skylanders das gerações anteriores são compatíveis com o novo jogo, mas existem actividades e mecânicas que requerem que usem as novas figuras. As novas figuras de Skylanders Imaginators chamam-se Senseis e são mestres de cada tipo e de diferentes técnicas de combate. Existem níveis aos quais apenas Senseis de determinados tipos podem aceder. Se quiserem desbloquear certos ataques para o vosso Imaginator (o Skylander que vocês criaram através do cristal de criação), vão precisar de um Sensei com um determinado estilo de combate. A série Skylanders sempre associou o conceito de DLCs a figuras físicas, e Imaginators não é excepção. O Starter Pack permite que concluam todos os níveis, mas se quiserem atingir os 100 porcento, não têm outra alternativa a não ser investir em figuras (e cada Sensei custa 16.99 euros em Portugal).

a

O Starter Pack traz o jogo, o portal, dois Senseis e um cristal de criação de Fogo.

Apesar de um modelo de negócio que é a própria encarnação da cultura dos conteúdos adicionais que se enraizou na indústria dos videojogos nos últimos anos, não há como negar o apelo de Skylanders Imaginators. O editor de Skylanders é fantástico. Não temos liberdade total visto que estamos dependentes de partes pré-feitas como cabeças, peitos, braços, pernas e cauda, mas as combinações possíveis são mais do que muitas. Além das muitas combinações possíveis, podemos definir o tamanho e a cor de cada parte do corpo. Também podemos escolher o tipo de voz, a música temática e até a aura. A qualquer momento é possível editar o vosso Skylander, que fica gravado no cristal de criação. Aqui existe mais uma limitação. Se quiserem criar um novo Imaginator sem perder o que criaram anteriormente, precisam de comprar um novo cristal de criação. Se quiserem criar um Imaginator de um tipo diferente, também precisam de um cristal novo, visto que o cristal do Starter Pack é de fogo.

Embora Skylanders Imaginators prometa que é possível dar asas à imaginação (e em parte é possível), sentimo-nos limitados. A existência de cristais de criação de diferentes tipos era desnecessária. Um cristal de criação deveria dar imediatamente acesso à criação de um Skylanders do tipo que quiséssemos, já para não falar que cada cristal deveria guardar pelo menos três Imaginators. De igual modo, não deveriam existir ataques que só podem ser desbloqueados se comprarmos certas figuras. Portanto, Skylanders Imaginators até nos pode dar a liberdade de criar a nossa personagem, mas mais do que em jogos anteriores da série, sentimos mais bloqueios e pressão para gastar dinheiro em figuras e cristais de criação. Desta vez até podem gastar dinheiro em microtransações que vos dão acesso a baús com armas e armaduras para a vossa personagem, se bem que não existe nenhum item dentro desses baús que não possa ser ganho ao jogar normalmente.

"A fórmula de Skylanders ainda continua a surpreender por ser tão eficaz"

É uma pena, pois por detrás disto tudo é um jogo divertido, especialmente para os mais novos. Skylanders Imaginators continua com o elevado padrão de qualidade a que a série nos habitou, dando vida a cada Skylander com animações incrivelmente bem feitas e uma prestação igualmente impressionante dos actores de voz (mas continua a pecar por não haver localização para português). Os níveis são vibrantes e coloridos, e a história está repleta de momentos engraçados que até os adultos vão achar piada. Não é um jogo complexo, nem tão pouco inovador ou radicalmente diferente dos restantes, mas oferece uma mistura equilibrada de combate, exploração, plataformas e puzzles. Digamos que é um bom jogo de aventura para ser jogado casualmente. Obviamente que o público alvo são as crianças, mas surpreendentemente é um jogo que pode ser também desfrutado por graúdos.

O que torna Skylanders Imaginators mais apelativo do que os anteriores são as opções de personalização que continuam a aumentar até ao fim. Logo no início têm que criar o vosso Imaginator, mas à medida que vão concluindo os níveis, vão desbloquear mais opções de personalização e armaduras / armas mais poderosas. Para uma série com seis anos, a fórmula de Skylanders ainda continua a surpreender por ser tão eficaz (o simples acto de colocar uma figura no portal continua a ser um momento de magia). Ao permitir a criação de personagens e ao adicionar um sistema de loot, a fórmula tornou-se ainda melhor. O loot tem diferentes raridades - pode ser normal, lendário e épico - e até existem conjuntos de armaduras para desbloquear.

Quanto às armas que vão desbloquear, nem todas poderão ser equipadas pela personagem que criaram. Para além de personalização visual, o criador deixa-vos que escolham o estilo de combate do vosso Imaginator. Mediante o estilo de combate, só podem equipar certas armas. Por exemplo, eu criei um Imaginator de Fogo do estilo Quickshot, logo só posso equipar-lhe armas de fogo. A ideia aqui é variar e criar Imaginators com diferentes estilos de combate, mas lá está, se querem criar mais personagens precisam de mais cristais de criação e de gastar mais dinheiro, a não ser que estejam dispostos a estar sempre a apagar as personagens que criaram antes. Este é mais um exemplo em que Skylanders Imaginators nos coloca uma barreira monetária à nossa frente. Será que podemos conviver com essa barreira? Podemos, mas a sensação não é agradável. Todos os jogos são feitos para gerar dinheiro, não há nada de errado nisso, mas neste caso, essa parte parece intrínseca e afecta a diversão.

Skylanders Imaginators é um jogo que nos deixa divididos. Adorámos as novidades como a possibilidade de criar o nosso Skylander e o sistema de loot, que nos deixa sempre com vontade de jogar, mas por outro, não gostámos que existam níveis exclusivos para os Senseis de cada elemento nem ataques que só podem ser desbloqueados se comprarmos figuras com certos estilos de combate. O cristal de criação também impõe limites, visto que só pode guardar uma personagem de cada vez e está associado a um elemento específico. Mesmo assim, Skylanders Imaginators continua a ser um jogo extremamente apelativo e que pode ser desfrutado simultâneamente por crianças e adultos, mas só tinha a ganhar se houvesse menos ênfase na necessidade de comprar figuras e cristais adicionais.

Skylanders Imaginators - Análise Jorge Loureiro Pela primeira vez podemos criar a nossa personagem. 2016-11-08T15:09:00+00:00 3 5
Publicidade

Comentários

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!