Eurogamer.pt

Criador de Ori and the Blind Florest com dificuldades em obter Kits Nintendo NX

"Será difícil terem apoio de bons jogos."

Após o Coldwood Interactive de Unravel ter lamentado a falta de informações sobre a Nintendo NX e a postura da Nintendo em relação aos estúdios que podem vir a apoiar a consola, é a vez do Moon Studios reagir à forma como a Nintendo está a tratar a nova consola.

Thomas Mahler, responsável pelo Moon Studios, que entregou o fantástico Ori and the Blind Forest aos jogadores PC e Xbox One, comentou as palavras de Martin Sahlin e também partilhou a sua situação, referindo não acreditar que a Nintendo consiga bons resultados com esta sua atual postura.

"É a coisa mais aborrecida para qualquer estúdio. Também falámos com a Nintendo e não nos disseram nada - nunca irei compreender isto. Para esclarecer, não só a Nintendo, mas todas as fabricantes de consolas tratam os seus devkits e as suas consolas ainda por lançar como se fossem a segunda vinda e são loucamente reservadas a um nível estúpido para os dias actuais."

"Não é por o equipamento ainda não estar terminado (duh), mas pelo menos podiam dar as especificações, assim saberíamos para o que teríamos que construir as coisas!"

"O que precisam para vender consolas são jogos mesmo bons. A Nintendo ainda não entregou de momento qualquer devkits e provavelmente irá querer vendê-la em 2016, posso já garantir que simplesmente não terão jogos para a apoiar, pois não é possível criar jogos em menos de um ano. Quer dizer, podes, mas serão lixo."

Mahler fala ainda sobre o suporte para motores e diz que é preciso ter suporte do Unreal Engine 4 e Unity muito antes do lançamento. Isto para facilitar a vida dos estúdios que queiram desenvolver jogos para novos sistemas.

"Quero os devkits ou pelo menos especificações uns 2 anos antes do lançamento - manter todos os estúdios actualizados, começar um fórum com os programadores que conversam para descobrir problemas, ao invés de ficarem todos a aguentar. Nada disto acontece em lado nenhum e é grave."

Publicidade

Comentários (33)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!