Eurogamer.pt

Satoru Iwata, CEO da Nintendo, morre aos 55 anos

Executivo lutava contra um cancro.

1

Durante a madrugada de hoje a Nintendo comunicou que Satoru Iwata, CEO da companhia, morreu aos 55 anos.

Iwata sofria de um cancro no ducto biliar, o que o levou a reduzir a sua atividade em anos recentes na Ninetndo.

No comunicado podemos ler, "A Nintendo lamenta profundamente ter de anunciar que o presidente Satoru Iwata faleceu em 11 de julho de 2015 devido a um tumor no ducto biliar".

Satoru Iwata, de 55 anos, havia entrado para a Nintendo durante os anos 80 e começou a trabalhar no departamento de desenvolvimento. Esteve na origem de imensas histórias fascinantes relacionadas com alguns dos mais emblemáticos jogos da companhia e em Maio de 2002 tornou-se no seu presidente.

Satoru Iwata tornou-se em 2002 no quarto presidente da companhia, ajudando a solidificar a Nintendo após o lançamento da Nintendo Gamecube em 2001, uma consola que não trouxe muito sucesso à companhia.

Iwata foi o principal responsável pela aproximação da Nintendo aos fãs nesta era moderna, procurando sempre falar abertamente e directamente com eles. Tornou-se a face da companhia para os Nintendo Direct e só quando a sua saúde não mais permitiu é que deixou de apoiar a companhia nos principais eventos.

A sua forma única de viver os videojogos deixará incríveis saudades e mesmo estando debaixo de críticas e pressões nos tempos recentes, Iwata sempre demonstrou paixão e humildade em cada Iwata Asks.

Em junho de 2013, Satoru Iwata torna-se no CEO da Nintendo.

Enquanto o futuro pede que se pense no próximo presidente da Nintendo, Shigeru Miyamoto e Genyo Takeda são duas possibilidades, aqui no Eurogamer Portugal pensamos na incrível prestação de Satoru Iwata para esta indústria e como nos conseguia cativar a cada palavra. Ficamos rendidos à pessoa que nos dava a conhecer.

Hoje esta indústria perdeu uma grande figura. Obrigado Iwata San.

Publicidade

Comentários (69)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!