Scram Kitty and his Buddy on Rails - Análise

Gatos adoráveis, mas difíceis de apanhar.

Scram Kitty and His Buddy On Rails é um jogo que prova que as aparências enganam. Por detrás da sua feição inocente e dos seus gatos adoráveis, que temos de encontrar e salvar nos níveis, esconde-se um monstro que está pronto para vos levar à loucura com a sua dificuldade impiedosa que colocará à prova as vossas habilidades em jogos de plataformas.

Esqueçam os Sonic, Mario e Rayman. Scram Kitty and His Buddy On Rails não é o vosso típico jogo de plataformas, o que é positivo. Se estão fartos do correr, saltar e cair em cima da cabeça das criaturas adversárias, este exclusivo Wii U é uma oportunidade para sair dessa rotina. Os níveis são apresentados da perspectiva de cima para baixo e a personagem desloca-se numa plataforma que se agarra às paredes.

Os primeiros níveis são simples, servindo para que o jogador se adapte às mecânicas. Mas depois a subida de dificuldade é íngreme. Uns níveis à frente vão começar a sentir o desafio a aumentar, igualado pelo crescente número de mortes. Posso até brincar um pouco e dizer que Scram Kitty and His Buddy On Rails é o Dark Souls dos jogos de plataformas. Morrer é equivalente a voltar ao início do nível.

Os níveis não tem por hábito ser muito longos, mas há partes de especial dificuldade que servem de barreira para chegar ao fim. O mais provável de acontecer é morrerem e repetirem várias vezes aquelas partes difíceis até que se habituem a elas para passar à fase seguinte e esperançosamente atingir o final do nível onde o gatinho está à espera de ser salvo.

Chegar ao gato que se encontra no final dos níveis é apenas um dos desafios de Scram Kitty and His Buddy On Rails. Em cada nível podem encontrar mais três gatos, que só aparecem mediante a completação de objetivos não explicados mas que ficam a conhecer à medida que jogam. O segundo gato é desbloqueado ao derrotar uma espécie de mini-boss que aparece em todos os níveis, o terceiro aparece depois de apanharem todas as moedas e o último, têm que persegui-lo pelo nível e apanhá-lo dentro do tempo limite. Dos quatro, este último é o que se provou ser o maior desafio.

Scram Kitty and his Buddy on Rails - Trailer

Apanhar mais do que um gato por nível torna-se rapidamente numa necessidade. Os níveis posteriores só são desbloqueados com base no número de gatos que apanharam. Inevitavelmente vão encontrar-se a revisitar níveis que já concluíram mas nos quais não foram capazes de encontrar todos os gatos. Esta prática promove a mestria das mecânicas de jogo, que são simples de perceber mas em termos de execução requerem muita prática.

A mecânica central de Scram Kitty são os saltos, que estão dependentes de uma barra de energia. Se a barra de energia estiver cheia, os saltos serão maiores e mais facilmente conseguem ultrapassar os obstáculos maiores, mas nem sempre é ideal ter esta a barra no máximo. Nos sítios apertados torna-se mais fácil controlar os saltos se estes forem menores. Esta barra de energia quantifica o número de vezes que podem errar, isto é, bater numa parede armadilhada ou sofrer danos das criaturas inimigas. Quando a barra fica vazia, morrem.

a

Este gato dá-nos informações úteis, mas tapa parcialmente o ecrã e pode interromper a ação.

Há sítios estrategicamente colocados em alguns dos níveis onde podem encher esta barra quantas vezes precisarem. Isto torna o jogo mais fácil, mas apenas porque nesse nível existe provavelmente uma secção incrivelmente difícil onde terão que tentar múltiplas vezes. Sem dúvida alguma que Scram Kitty é um jogo difícil, mas predomina uma sensação de equilíbrio, não é uma dificuldade injustificada ou derivada de mau design.

A dado ponto, não terão que se preocupar apenas em dar saltos e não bater nas paredes armadilhadas. Scram Kitty não hesita em atirar dezenas de criaturas para o meio do desafio juntamente com armas automáticas que disparam tiros de x em x segundos. Os níveis são progressivamente mais difíceis e vão apresentando desafios que nunca encontraram antes, mantendo sempre o jogo com algo novo para dar, seja novas armas que podemos usar ou novos tipos de inimigos.

O jogo, como já muitos outros lançados para a Wii U tem suporte para modo Off-TV Play utilizando o ecrã do GamePad. Curiosamente até dei por mim a preferir jogar neste modo, sentido-me mais concentrado na ação e capaz de ultrapassar os obstáculos. Além disso, quando estamos a jogar na televisão às vezes somos interrompidos por um gato que embora dê informações úteis, como quantas moedas nos faltam apanhar naquele nível, tapa com a sua figura o que está a acontecer.

"É difícil e trata o jogador de maneira bruta, mas o nível de satisfação quando completamos cada um dos seus terroríficos níveis compensa todo o sofrimento e frustração vividas."

Para além do modo Adventure, Scram Kitty oferece o modo Challenge para aqueles procuram um desafio de dificuldade ainda maior. Este modo funciona em grande parte de igual à forma ao modo aventura, mas a diferença a ser o limite de tempo imposto para apanhar o maior número de gatos possível. Se no primeiro modo o desafio apresentando já requeria uma perícia incomum do jogador, este segundo exige uma mestria completa da jogabilidade. Não há quase margem para erros, o nível de exigência é extremamente elevado.

Scram Kitty and His Buddy On Rails é mais um jogo surpreendente que podem encontrar na eShop da Wii U, que esconde um leque de outros jogos interessantes e diferentes. É difícil e trata o jogador de maneira bruta, mas o nível de satisfação quando completamos cada um dos seus terroríficos níveis compensa todo o sofrimento e frustração vividas. E embora alguns níveis me tenham feito desligar a consola de raiva ou de cansaço por ter que repetir (e falhar) alguma parte vezes sem conta, passado algumas horas ou no dia seguinte dava por mim a regressar ao jogo para enfrentar novamente o tormento. Se procuram jogos desafiantes, este é mais do que recomendado.

8 / 10

Lê o nosso Sistema de Pontuação Scram Kitty and his Buddy on Rails - Análise Jorge Loureiro Gatos adoráveis, mas difíceis de apanhar. 2014-06-05T18:26:00+01:00 8 10

Comentários (2)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!