TNT Racers: Nitro Machines Edition - Análise

Micro corridas loucas.

Versão testada: Wii U

Nitro Machines Edition é uma versão melhorada e em alta definição do original TNT Racers lançado para o WiiWare (assim como noutras plataformas digitais) em 2012. Nesta versão para a Wii U, observamos melhorias em termos gráficos mas também a inclusão de conteúdos digitais lançados separadamente do original, o que faz desta a versão definitiva.

Em termos de conceito, Nitro Machines Edition, remete-nos, não só pelo seu título mas também pela forma das corridas baseadas numa perspectiva isométrica, para o velho clássico Micro Machines. Um sucesso no tempo das consolas 16 bit e uma fórmula que ainda continua tão válida como há muitos anos. Aliás, um dos jogos que mais me seduziu recentemente, foi precisamente Calling All Cars, proveniente da mente de David Jaffe, o criador de God of War. O que faz a diferença nestas produções é a materialização do conceito. Enquanto que nalguns jogos vingam as corridas puras, nas quais o objectivo é chegar em primeiro com ou sem "power ups", em Calling All Cars a pequena narrativa quase se fundia com as mecânicas do jogo. A sua jogabilidade frenética, design e mecânica de condução muito segura foram decisivos ao ponto de o eleger como um dos jogos que mais me divertiu no arranque do serviço PSN da PS3.

1

Se porventura acontecer um despiste, o computador coloca o vosso carro em poucos instantes dentro do pelotão.

Pois bem, Nitro Machines Edition não força o jogador a lutar pelo primeiro lugar e a cortar a meta em primeiro ao fim de umas voltas. Inspirado nos "power ups" de Super Mario Kart (o jogo de corridas que revolucionou devido à presença dos power up), compete ao jogador recolher uma série de poderes ao longo do circuito, servindo-se deles para travar a progressão dos adversários numa série de pequenos rounds. Pode ser derramando óleo, electrocutando um oponente, ou efectuando uma marretada de modo a atordoar os rivais. Por cada "power up" bem aplicado, o jogador ganha pontos e atrasa os rivais.

Mas se esta é a regra nalgumas corridas, haverá outras constituídas por diferentes objectivos; desde completar uma volta abaixo do tempo limite, contornar pinos sem os derrubar ao longo de duas voltas ou acabar uma corrida em primeiro, contribuindo para uma variedade que faz do modo carreira um desafio progressivo mas equilibrado. Ao superar estas provas, o jogador desbloqueia novos campeonatos, baseados em diferentes tipologias de veículos (como draft, velocidade ou turbo). Mas é a combinação entre os diferentes pisos (terra, lama, asfalto e neve) que torna decisiva a escolha dos veículos. Há mais de uma vintena de pistas para percorrer, sendo o factor mais agradável o desenho das pistas, proporcionando algumas corridas divertidas em função da jogabilidade, bem razoável. Em termos de caracterização, não é um jogo particularmente entusiasmante ou destacado em design. As pistas não oferecem grandes pormenores, nem alterações à passagem dos veículos. Estes, apesar das diferentes afinações e aptidões para certos pisos revelam-se algo despidos de caracterização, embora sejam perceptíveis os desportivos, os fórmulas, os 4x4 e as pick ups, mas todos generalistas.

2

Para obterem mais e melhores veículos terão que vencer um certo número de provas.

Nitro Machines Edition pode ser partilhado até quatro amigos (sem possibilidade para ligações online, ao contrário da versão anterior para o WiiWare), desde que para isso tenham wii remotes em número suficiente. Pode ainda ser ligado o Pro Controller. Para lá dos torneios e modo carreira individual, o modo multiplayer torna as corridas um pouco mais divertidas, onde todos os jogadores procuram fugir do último lugar e chegar primeiro ao power up, proporcionando um verdadeiro caos. Embora estas batalhas sejam divertidas num momento inicial, rapidamente podem roçar alguma frustração, repetição e progressão rotineira, sobretudo na campanha. Sem ser um jogo memorável e sem nunca introduzir grandes mudanças num género que encontrou, recentemente, em Calling All Cars uma proposta irrecusável, ainda assim encontramos méritos que justificam a aquisição deste TNT Racers, pelo menos enquanto não chega o Project Cars e o sempre bombástico Mario Kart.

6 / 10

Lê o nosso Sistema de Pontuação TNT Racers: Nitro Machines Edition - Análise Vítor Alexandre Micro corridas loucas. 2013-10-24T15:45:00+01:00 6 10

Comentários (1)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!