Pokémon Black & White 2 - Análise

Um melhor "mais do mesmo".

Qual versão preferem? Entre os portugueses, a versão Black parece ser a mais popular.

Pokémon é talvez o único jogo conseguiu manter a mesma fórmula quase inalterada durante mais de uma década, e que a cada novo lançamento continua a cativar milhões de jogadores em todo o mundo. Mas há boas razões para que a fórmula se tenha mantido inalterada. Uma mudança exagerada seria o equivalente a destruir a série. O sentimento de familiaridade presente em novos títulos, em combinação com pequenas novidades e melhorias, é a razão pela qual os fãs continuam dispostos a acompanhar a série, e não é de estranhar que Pokémon Black & White 2 siga este caminho.

Todavia, Pokémon Black & White 2 é diferente de qualquer outro Pokémon já lançado até este momento. Esta é a primeira sequela na série e o primeiro jogo a não introduzir novos Pokémon e uma nova região, com a exceção dos remakes de Pokémon Gold & Silver, mas esses são casos especiais. Pokémon Black & White 2 pode ser então descrito como uma versão melhorada de Pokémon Black & White, e pouco a pouco, revela-se uma verdadeira sequela.

Houve, contudo, alguns momentos em que fiquei com dúvidas se Black & White 2 não era demasiado igual aos antecessores. Tendo jogado Pokémon Black muito recentemente, e investido mais de 200 horas, Black & White 2 tornou-se, em parte, demasiado familiar. A região de Unova passou por alterações, há novas áreas para visitar e outras que foram re-desenhadas, o local onde esta aventura tem início também é novo, e existem novos líderes de ginásio, mas no fundo, Unova continua em grande parte igual.

Pokemon Black 2 e White 2 - Discovery trailer

A Team Plasma continua no papel de vilão e aparece com novos planos maléficos dominar o mundo recorrendo à força dos Pokémon, e a estória incide novamente sobre a escravatura dos Pokémon por parte dos humanos e o seu imprisionamento nas Pokébolas. No papel de herói está um novo treinador ansioso por se aventurar no mundo maravilhoso dos pokémon.

Se já jogaram qualquer outro Pokémon, já sabem o que vos espera. O objetivo é vencer os oito ginásios e por fim, vencer a liga dos Pokémon. Mas resumir Pokémon a vencer os ginásios e vencer a liga é uma asneira. É mais correto dizer que o jogo só começa verdadeiramente depois o fazerem. Há tanto para fazer que é provável que fiquem agarrados ao pequeno ecrã da Nintendo DS durante centenas de horas. Podem treinar novas equipas, subir o nível dos vossos pokémon de eleição até 100, recorrer à criação (breeding) para obter pokémon perfeitos, tentar apanhar todos os 649 pokémon, e batalhar contra treinadores de todo o mundo através do Global Link.

Mas Pokémon Black & White 2 introduz ainda mais coisas para fazer. O Pokémon World Tournament é uma excelente forma de colocarem à prova as vossas habilidades como treinador e a força dos vossos pokémon. Os adversários no torneio são os líderes de ginásio, não apenas da região de Unova, mas também de outras regiões. A dificuldade aumenta de torneio em torneio, e há ainda a oportunidade de descarregar novos torneios. Só aqui há muito para se entreterem, e com os pontos ganhos, poderão comprar itens raros e TMs que não vão encontrar em mais lado nenhum.

A Black Tower/White Treehollow presente na Black City/White Forest, dependendo da versão que comprarem, é outra das novidades que vão encontrar em Pokémon Black & White 2. É mais um desafio às vossas qualidades de treinador e dos vossos Pokémon. A Black Tower/White Treehollow é constituída por várias áreas onde encontram outros treinadores fortes. Escondido em cada área está um boss que precisam de vencer para passar à área seguinte. O prémio que vos aguarda se conseguirem terminar todas as áreas é delicioso, e vale a pena o esforço. Para além do prémio ser aliciante, a Black Tower/White Treehollow é um lugar ideal para subir o nível dos pokémon.

Comentários (25)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!