Ken Levine defende final de Mass Effect 3

Bioware não deve mudar o final do jogo.

Uma das pessoas mais importantes nos videojogos neste momento, Ken Levine, a figura central da Irrational Games, defendeu o final de Mass Effect 3 e acredita que a Bioware não deve fazer a vontade aos fãs e modificá-lo.

Paul Barnett, o diretor creativo da Mythic Entertainment, que estava ao lado de Levine na sessão de perguntas e respostas no museu de arte Smithsonian, também defendeu que os fãs não têm razão.

"Se os videojogos são arte então apoio completamente que o autor tenha algo a dizer naquilo que deve acontecer, tal como a J.R. Rowling pode terminar os seus livros e dizer que é o final de Harry Potter," disse Barnett.

Levine acrescentou que, "Se essas pessoas conseguissem aquilo que querem e a Bioware escrevesse o seu final, seria muito desapontante porque não o tinham criado verdadeiramente."

"Esta situação deixa-me triste porque penso que ninguém conseguiria aquilo que quer se isto acontecesse:"

Depois destas palavras de Levine e Barnett, continuam a achar que a Bioware deve alterar o final de Mass Effect 3?

Comentários (23)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!