Joe Danger Special Edition - Análise

Perigosamente divertido.

Quando em Junho de 2010 Joe Danger se estreou na sua versão PSN, não tivemos quaisquer dúvidas, as quatro pessoas no estúdio Hello Games tinham criado algo de verdadeira e genuinamente divertido. Joe Danger é um daqueles títulos que prova sem quaisquer contestações porque estes serviços são do mais espantoso que esta geração nos deu. É divertido, imediato, profundo, fácil de assimilar e incrível em outros tantos elementos. É todo um conjunto de coisas que funcionam lindamente quando colocadas no seu devido lugar e são concebidas a pensar na diversão imediata do jogador. Afinal de contas nem todos os apaixonados por videojogos tem o tempo que desejariam para passar em frente ao televisor e este tipo de experiências são mesmo a garrafa de oxigénio que precisamos.

Deixando então a sua estreia de 2010 para trás, avançamos rapidamente para Dezembro de 2011, façam vocês as contas a quantos meses mais tarde, e temos então a chegada de Joe Danger ao serviço da Microsoft e o tempo não parece ter passado pelo título da HG. Este é um jogo que continua altamente divertido, altamente recomendado e que merece estar na coleção de qualquer adepto do Xbox Live Arcade. É do que melhor que encontramos nestes serviços digitais e é uma grande companhia para esta época Natalícia.

Joe Danger é um diabo das acrobacias e toda a sua loucura pode ser vista num mundo colorido e agradável de ver e toda a sua imponência pode ser sentida através de uma jogabilidade acessível, intuitiva e imediata. São estes dois os principais condimentos para este jogo que certamente se vai provar irresistível para aqueles dispostos a despender 1200MSP neste produto e para reforçar o peso das novidades em JD temos o novíssimo modo Laboratório. Uma das maiores novidades e uma que adiciona uma enorme quantidade de valor ao jogo.

Joe Danger está de regresso e quer provar que ainda tem a chama dentro de si e para tal vai entrar numa série de desafios apresentados ao jogadores de uma perspetiva lateral, da esquerda para a direita, onde em cima da sua moto vai-nos forçar a ultrapassar um leque de desafios que desafiam qualquer lei de segurança e bom sendo, e até da gravidade. Quer isto dizer que vamos acelerar por percursos repletos de obstáculos, rampas, molas, veículos parados e outro tipo de obstáculos em movimento, tudo isto em percursos com três "camadas" cada entre as quais podemos alternar em determinados momentos.

Arrancar a grande velocidade, engatar o boost face à rampa que surge logo imediatamente, saltar por entre uma pequena barreira, fazer um "cavalo" para reunir mais boost, saltar nova rampa enquanto engatamos o boost no ar e executamos loucas acrobacias durante as quais os pés e as mãos de Danger rodopiam loucamente. É isto que vos espera em Joe Danger, uma espantosa panóplia de movimentos e possibilidades patrocinados por belos desafios que devido à envergadura e duração que podem assumir enquanto um desafio visto como um todo, não consegue evitar que a jogabilidade e toda a execução de movimentos seja na mesma fácil de assimilar e altamente divertida.

Terminado com sucesso o percurso, existem alguns checkpoints para ajudar, ganhamos uma estrela e para prosseguir no principal modo que é o Modo Carreira, temos que ganhar várias. No entanto, terminar o percurso é apenas o básico, para termos as estrelas necessárias para avançar somos convidados a repetir os percursos para cumprir os objetivos secundários. Entre eles estão terminar a pista abaixo do tempo definido, recolher todas as estrelas, acertar em todos os alvos existentes, apanhar estrelas secretas, ou então cumprir vários objetivos de uma vez só. São estes os incentivos que nos vão fazer passar mais tempo em Joe Danger e permitir a progressão na carreira. A verdade é que quando damos por nós já estamos envoltos numa deliciosa postura de "só mais um" e o tempo vai passando, chama-se a isso diversão descomprometida.

É o maior encanto de Joe Danger, esse grande desafio envolto numa jogabilidade simples que nos desafia e cativa imenso, até nos faz sentir inteligentes e recompensa os mais persistentes. Ganhar estrelas para progredir na carreira ao comprar novos desafios é a estrutura base de Joe Danger mas caso queiram podem levar as coisas mais além e aceder ao novo modo Lab onde podem encontrar mais uma enorme quantidade de desafios, também aqui divididos por capítulos. Este modo joga-se tal e qual como o modo carreira mas decorre num laboratório onde tudo é mais experimental, e consequentemente mais louco. Aquela toupeira não está lá só por acaso.

Ocasionalmente Joe Danger coloca-nos em corridas e não em percursos de obstáculos e aqui a mecânica é praticamente a mesma mas com ênfase na vitória. Também ocasionalmente Joe Danger vai-nos colocar em desafios bastante interessantes na medida em que temos que aceder ao editor enquanto jogamos a pista. Ao chegar a determinado ponto, com um objetivo a cumprir, o jogador vai notar que não pode seguir caminho e aí terá que aceder ao editor e em tempo real editar a pista com rampas e itens semelhantes para poder progredir. Aqui as coisas podem ficar um pouco mais estranhas pois é-nos dada bastante liberdade, como em colocar rampas em cima de autocarros para obter aquela estrela não tão secreta.

Trailer de Joe Danger: Special Edition

Não sei se já o tinha dito mas Joe Danger é mesmo divertido e tenta tornar-se altamente social através da partilha de conteúdos e da comparação de pontuações entre amigos. Assim que terminam uma prova podem desde logo ver a vossa pontuação e como esta se compara com a dos vossos amigos do Xbox Live e se quiserem podem imediatamente repetir o evento do início, coisa que podem fazer a qualquer momento apenas pressionando um botão. Existem vários extras a colecionar e existem até itens para o nosso avatar mas Joe Danger é tão divertido e viciante que vão-nos recolher sem os procurarem pois estão mais concentrados no jogo do que nos extras. Caso queiram até podem jogar com amigos e partilharem a vossa loucura no mundo dos stuntmans.

Joe Danger é sem dúvida um dos jogos mais divertidos que encontrei no Xbox Live, e noutro qualquer serviço digital diga-se. É imediato, é intuitivo, é engraçado de se ver e adorável de se jogar. Cativa, vicia, desafia e premeia qualquer jogador que por ele se deixe maravilhar e este acrobata das motos vai mesmo ser uma das mais belas companhias que vou ter neste final de ano.

9 / 10

Lê o nosso Sistema de Pontuação Joe Danger Special Edition - Análise Bruno Galvão Perigosamente divertido. 2011-12-16T12:26:00+00:00 9 10

Comentários (3)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!