Trackmania 2: Canyon

Montanha Russa Mania.

A série Trackmania já existe desde 2004, tendo construído uma comunidade respeitável de fãs, vários títulos e atualizações para PC, uma versão para Nintendo DS, Nintendo Wii, e até uma edição promocional em Flash, chamada Mini Trackmania. Nascida a partir de um estúdio demasiado pequeno para lidar com o surpreendente sucesso inicial, Trackmania 2: Canyon é o primeiro título da série desenhado já depois de a Nadeo ter sido adquirida pela gigante Ubisoft, e será o primeiro jogo a correr integralmente na novíssima plataforma Mania Planet.

Esta plataforma funciona basicamente como um "hub" para os jogos da série "Mania", uma espécie de sistema operativo que entre outras coisas, oferecerá um kit de construção de pistas para Trackmania, um editor de shooters na primeira pessoa para Shootmania e um editor de RPG´s para Questmania que mal posso esperar para experimentar. O objetivo passa por transferir a filosofia que inspirou a série Trackmania para os géneros FPS e RPG, e unir as comunidades destes três géneros tão diferentes dentro da mesma rede singular.

Para já, Trackmania 2: Canyon é o único título dentro da Mania Planet, e por isso funcionará como um cartão de apresentação para as funcionalidades da rede. Dentro dela os jogadores poderão encontrar um ambiente criativo que dissecarei mais à frente, mas também um sistema económico e social onde os utilizadores podem gerir o seu próprio conteúdo, o seu servidor dedicado, ou as suas conquistas competitivas.

1

Modo editor de pistas.

Para este efeito a Mania Planet disponibiliza uma série de instrumentos e serviços para os jogadores tirarem o máximo partido da experiência com os jogos da rede. O Map editor que permite criar mapas de raiz, ou apenas adicionar pedaços às nossas pistas favoritas. O Maniascript que permite escrever e/ou copiar scripts para adicionarmos os nossos próprios eventos dentro do jogo. O mediatracker para que possamos editar os nossos melhores momentos de jogo. O Maniahome que é basicamente uma rede social dentro do jogo, e que permite interagir com o resto da comunidade. O Maniapub para que possamos publicitar as criações e/ou a nossa equipa para um grupo de pessoas à nossa escolha, podem ser pessoas apenas da nossa região, cidade, país, ou a comunidade em geral. E finalmente o Maniachannel, um canal que permite assistir às prestações dos jogadores mais bem pontuados no sistema de medalhas do jogo.

Quanto a Trackmania 2: Canyon propriamente dito, continua fiel à filosofia da série, mas com um aspeto moderno e uma jogabilidade renovada. Alguns jogadores gostam da rigidez e da pouca tolerância ao erro dos simuladores de condução, onde o replicar o comportamento físico do veículo é fundamental. Pessoalmente, como referi anteriormente na antevisão, prefiro os videojogos de condução mais "arcade", com saltos irrealizáveis, segmento com inclinações que desafiam a lei da gravidade e "boosts" que permitem atingir velocidades vertiginosas e impossíveis na vida real.

É neste campo que Trackmania 2: Canyon brilha, num ritmo alucinante, com pistas tão loucas e criativas como a imaginação conseguir ser. O nível de entrada é bastante baixo, típico nos jogos de corridas "arcade", com controlos simples, mas que requerem prática para dominar na perfeição. Os objetivos continuam muito claros, conseguir o melhor tempo no maior número de pistas possível para melhorar a nossa classificação global. Existe uma tabela de classificação por países, mas também por regiões dentro de cada país. Temos um determinado tempo para uma pista, e o objetivo é conseguir a volta mais rápida. Podemos fazer "respawn" instantâneo com o pressionar de uma tecla, ou recomeçar a volta da mesma forma. É possível correr no modo de treino, ou na versão oficial quando nos sentimos familiarizados com o traçado, e só depois de obter o tempo correspondente à medalha de ouro. À medida que vamos obtendo medalhas nas pistas do modo de jogo individual, novas vão sendo desbloqueadas, sempre mais desafiantes do que as anteriores.

2

Modo editor de viaturas.

O modo multi-jogador oferece à série um mundo de possibilidades imenso para explorar. Podemos criar o nosso próprio servidor para que os outros experimentem as nossas criações, ou podemos nos juntar aos servidores de outros jogadores. O sucesso de Trackmania está intimamente ligado à sua simplicidade, ao seu ritmo estonteante, mas fundamentalmente à liberdade criativa que proporciona, com a possibilidade de serem os jogadores a criar o próprio conteúdo do jogo (user created content). Assim, Trackmania é muito mais do que um jogo de corridas, é antes um espaço de criatividade, aliado a uma forte componente online, dentro de um jogo de corridas.

Comentários (7)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!