Mortal Kombat

Flawless victory?

Foi longo o período de ausência de Mortal Kombat nos videojogos. O último título da série, Mortal Kombat: Armageddon, foi lançado na geração passada, há quase cinco anos (estou a excluir Mortal Kombat vs DC Universe porque é um crossover e não encaixa ou dá continuação à série). Mas a espera valeu a pena, tudo aquilo que tornou famosa esta série está de volta. Estão de volta os "K", o gore e o sangue, as fatalities, as rivalidades (Scorpion vs Sub-Zero!), e tudo isto com uma qualidade que levará qualquer fã ao delírio.

Apesar de não haver um número à frente do nome, este representa o nono título na série. Os eventos têm lugar depois de Mortal Kombat: Armageddon, mas devido a um regresso ao passado, iremos reviver os três primeiros Mortal Kombat, só que desta vez Raiden tem conhecimento do futuro. Por isso há algumas alterações.

Será no modo história que regressaremos ao passado. Criando um contraste com a maioria dos jogos do género, aqui não escolhemos um lutador e participamos numa série de combates até chegarmos ao boss final (isso fica para o modo arcade). Em vez disso, existem vários capítulos com um lutador e combates já pré-definidos. Com esta estrutura, desfrutamos não só da história de Mortal Kombat, como também experimentamos e aprendemos a jogar com o variado leque de lutadores presentes.

Mais sobre Mortal Kombat

O modo história prende-nos até ao seu final, mas a parte do jogo em que provavelmente perderão muitas horas é na Challenge Tower, um modo que ascende aos trezentos desafios. Há uma grande variedade de desafios propostos que vão desde combates 1 vs 1 até mini-jogos como "Test Your Sight", "Test Your Might" e "Test Your Luck". Aqui também encontrarão combates com condições especiais, como por exemplo, ganhar apenas usando determinado ataque. Tal como o modo história, não escolhemos os lutadores, para cada desafio já existe um lutador definido. A dificuldade aumenta com a nossa subida na torre e quando estiverem perto do final poderá levar horas até completarem um só desafio.

O habitual modo arcade continua a marcar presença. O processo é o habitual, escolhe-se uma personagem e uma dificuldade (existem cinco), e derrotamos os adversários que são escolhidos à sorte pelo jogo até chegarmos ao combate final com Shao Khan. Porém existe uma novidade, o modo arcade pode ser agora jogado em Tag Team, ou seja, em equipas de 2 vs 2. Poderão optar por jogar sozinhos e controlar os lutadores à vez, ou então convidar um amigo.

Nos combates em Tag Team é possível chamar o nosso parceiro para intervir usando um dos seus ataques especiais ou para dar continuidade a um combo. Os controlos para realizar estes comandos estão todos bem explícitos na lista de ataques de cada lutador, mas devido às combinações possíveis de equipas, há imensos combos devastadores para serem descobertos.

Comentários (52)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!