Anonymous por detrás do ataque à PSN

Encontrado ficheiro e frase "We are Legion".

O blogue oficial da PlayStation revelou novos detalhes sobre o ataque à PlayStation Network.

A Sony remeteu uma carta formal assinada por Kaz Hirai ao Sub-comité de Comércio e Mercado dos Estados Unidos sediado em Washington, que discutiu sobre o assunto e respectivas implicações que advêm do roubo de dados de mais de 70 milhões de pessoas.

Do comunicado oficial da Sony pode-se extrair duas coisas relevantes: a companhia afirma ter sido submetida a um "ataque planificado e muito pessoal" e confirma ter encontrado um ficheiro nos servidores da Sony Online Entertainment chamado "Anonymous" com a frase "We Are Legion". Trata-se do slogan que usa o grupo de ciber-activistas que atacou inicialmente a PSN e que disse há umas semanas não ter nada a ver com este segundo ataque.

A Sony garantiu ao comité que tomou quatro políticas de atuação após o ataque. Primeiro agir com precaução; segundo, oferecer informação ao público quando a mesma for descoberta; terceiro, tomar responsabilidades; e quarto cooperar com as autoridades públicas.

Para além disso, a multinacional afirma que as entidades bancárias com as quais colabora ainda não detectaram casos de fraudes nos seus clientes.

Comentários (76)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!