Fable III: Traitor's Keep

Caça aos fugitivos!

Versão testada: Xbox 360

Depois de ter disponibilizado em Novembro do ano passado o primeiro conteúdo descarregável para Fable III intitulado Understone, a Microsoft acabou de publicar a edição seguinte, com a designação Traitor's Keep. Esta continuação levará a vossa personagem ao encontro de novas "quests", viajando por novos territórios (ilhas) e enfrentando uma tríade de inimigos, num conteúdo que não só capta o espírito da obra original como proporciona um punhado de horas de jogo. O seu maior defeito, será, a ausência de uma qualquer inovação perante o quadro global de Fable III em termos de "gameplay", embora, covenhamos, não fosse de esperar outra coisa. Independentemente disso, estamos perante um conteúdo que não só oferece um bom tratamento narrativo, com plot final previsível, mas interessante e que, em síntese, justifica o regresso às lides de um monarca.

Dono do poder executivo, este monarca não dispensa um bom desafio e sente no combate físico o seu maior atributo, sendo chamado a reparar mais outra derrocada dos esforços mão de ferro lançados pelo seu irmão Logan para controlar o poder soberano. O que a personagem central em Fable III parece ter omitido é que o seu papel de regente um dia seria posto à prova por novos revolucionários interessados num outro desfecho necessário. O mesmo que ele tomou como propósito e que culminou com a sua ascensão ao poder.

1

Terapia de choque.

Assim, num dia tipicamente banal para um monarca, eis que o palácio real entra em sobressalto depois de um intruso chegar aos aposentos do rei, deixando para trás uma série de corpos esfaqueados. O alvo final é o monarca, cuja actuação imediata é uma firme resposta à tentativa de um regicídio. Devidamente habilitado e preparado depois do poder que acumulou durante a fase de subida ao trono, não terá dificuldades em eliminar singela ameaça. No entanto, logo se apercebe do carácter da mensagem; um aviso para algo maior e grave. Pouco depois, uma embarcação aporta à cidade e o rei fica a saber por intermédio do comandante Milton que existe uma ilha onde o seu irmão Logan edificou uma prisão de alta segurança, cuja maior inspiração é o melhor de Alcatraz e o pior de Guantánamo.

Durante o tempo em que governou, Logan enviou para essa prisão os seus oponentes, mas também outras figuras cujas actuações desproporcionadas e doentias levaram da mais fina repressão. Agora, num novo lanço da monarquia e sem Logan por perto, alguns detidos organizaram um motim, aparentemente chefiados por um general Turner que enlouqueceu da cabeça e se voltou contra Logan. Muitos evadiram-se do isolado centro de detenções em direcção a ilhas envolventes. Apercebendo-se da delicada tarefa que tem em mãos, o soberano não só terá de repor a ordem naquela ilha, como deverá perseguir e capturar os fugitivos, não sem antes enfrentar as ameaças que estes prepararam para a viagem.

A captura dos prisioneiros serve de eixo deste prolongamento de Fable III e um convite para servir dois novos mapas se não contarmos com o estabelecimento prisional. Não significa isto que não existam demandas suplementares. Para além do principal propósito, o jogador será convidado a percorrer outras missões, moldadas ao arco narrativo enxertado, envolvendo exploração, colecção de novos objectos e batalhas. Haverá novas armas para recolher, indumentárias e até alguns acessórios extravagantes para o canino que acompanha o seu chefe. Coleccionar tudo o que é oferta neste DLC é tarefa a somar à demanda principal, embora tenha também como atractivo a disposição para a descoberta, dentro de um sentido de exploração, que rivaliza com o avolumar constante de combates na perseguição dos evadidos.

2

A indumentária é para ser levada a sério.

Na verdade, desde a perseguição ao professor Farady, passando por uma bruxa que põe uma truta a animar uma rave party de Goblins, não há muito mais a reter senão o combate a grupos, grupos e mais grupos de diferentes inimigos que surgem nas arenas mais previsíveis - "I can see a pattern here!", tendo o monarca que lançar mão à trilogia de poderes que vêm de longe como magia, disparo e combate corporal. Claro que é possível evoluir ainda mais a personagem através do caminho dos selos.

Por outro lado, em termos de escolhas morais não existem novos apontamentos a reter por comparação com as opções que eram deixadas em aberto durante Fable III e até o impacte das decisões não é nada de especial. Contudo, o maior valor de Tratior's Keep dirá respeito ao tratamento narrativo. Com ele importa assinalar a introdução de novos territórios, espaços para onde fugiram os reclusos mais importantes e que, em suma, revestem novas interpretações para Albion e formam pequenos parques temáticos cuja exploração se torna realmente aprazível.

Dito isto, estamos perante um prolongamento opcional de Fable III que justifica o regresso a Albion. O conteúdo não oferece novidades que mereçam um sublinhado particular perante aquilo que já conhecíamos. No entanto, abre novos desenvolvimentos narrativos que justificam o custo e alimentam por mais algum tempo o quadro de Fable III com novas missões secundárias.

7 / 10

Lê o nosso Sistema de Pontuação Fable III: Traitor's Keep Vítor Alexandre Caça aos fugitivos! 2011-03-30T14:43:00+01:00 7 10

Comentários (18)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!