2010 FIFA World Cup South Africa

Carrega Portugal.

Com a época futebolística em alta, onde à data desta análise, o Benfica será certamente o novo campeão nacional da Liga de Futebol, as atenções em breve irão virar-se para o sul de África, para o Mundial de Futebol 2010, na África do Sul.

O futebol é vivido em Portugal com muita paixão, onde pessoalmente e como alguns sabem também é uma das minhas. Mas colocando de lado o futebol nacional, tudo aponta para que possamos ser bem sucedidos no Mundial, ou pelo menos esses são os nossos desejos. As emoções do futebol estarão certamente ao rubro e para antever isso, a Electronic Arts mais uma vez nos prima por um título oficial, onde tudo está o mais fiel possível do original.

Desde a antevisão, Portugal subiu no Ranking da FIFA de 6º para 3º lugar, uma subida fantástica, onde demonstra todo o nosso potencial. Mas em termos de dados virtuais, Portugal ainda continua abaixo de muitas selecções, não estando representado por 5 estrelas, que é o máximo da pontuação. Injusto? Provavelmente.

1

Carrega Pepe. É sempre a varrer.

Uma das questões primárias na qual gostaria de abordar, é a relação e herança que 2010 FIFA World Cup South Africa obtém de FIFA 2010. É óbvia a ligação, principalmente no que refere ao motor de jogo, que é praticamente o mesmo. Mas por outro lado, todo o tempo decorrido entre FIFA 10, é notório a afinação do motor de jogo, principalmente na sua fluidez e transição no rectângulo de jogo. Por outro lado, a redução para apenas selecções nacionais, permitiu à EA optimizar os jogadores em termos de realismo, algo que em 2010 FIFA World Cup South Africa se encontra superior ao seu antecessor. Mas nem todos os jogadores estão perfeitamente recriados. Muitos, principalmente os suplentes e reservas, não estão nada parecidos.

Em termos gerais, o jogo levou uma lavagem total e aperaltou-se todo para receber o tema Mundial em todo o seu esplendor. Isto vai desde às músicas escolhidas, onde consta o grupo nacional Buraka Som Sistema com o seu Restless, mas bem como música do mundo, predominado o som africano.

Os FIFAs têm-nos brindado com toneladas de dados reais sobre jogadores, bem como equipas e selecções. Neste também é o caso, onde a cada menu de carregamento somos informados de particularidades de imensos países ao redor do mundo. Como estamos a falar de mundial, o menu de carregamento é um enorme globo onde o país em causa é destacado e algum dado e curiosidade é mostrada. Também de realçar os menus comentados, onde é explicado o que poderemos fazer em cada local.

À primeira vista, o jogo em si é parecido com FIFA 10, mas conforme entrámos mais no jogo, e "testamos" cada lance, conseguimos ver que tudo foi melhorado. Como referi, o jogo está mais fluido, principalmente na transição da bola. O toque de bola, a reacção dos adversários, e principalmente na postura do guarda-redes, tudo foi melhorado. Agora, o guarda-redes não arrisca tanto, não toma decisões precipitadas, e principalmente no jogo aéreo o guarda redes é senhor, estando sempre presente e marcando a sua posição. Dos imensos jogos que fiz, quase todos foram muito renhidos, pois jogando em classe mundial, nada é pêra doce, e para ganharmos o mundial, teremos que soar imenso.

Comentários (61)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!