WWE Smackdown vs Raw 2011

Continua a ser o campeão indisputado.

Versão testada: Xbox 360

É incrível como a série Smackdown vs Raw, apesar dos anos que já tem em cima, continua a divertir a dar aos jogadores uma experiência de qualidade do mundo WWE. Como é habitual, a cada edição anual são acrescentadas novas características e melhoramentos aquilo que já foi feito. Smackdown vs Raw 2011 não foge à regra e traz consigo várias qualidades que ajudam a tornar um melhor jogo que a edição anterior.

Uma mais valia adicionada no ano passado foram os logos e direitos da WWE que fizeram com que o jogo parecesse como os programas da televisão. Esses pequenos detalhes foram ainda mais refinados, agora temos sempre presente no ecrã o logo "WWE HD" e as transições da Raw e Smackdown actuais quando vamos combater.

A adição de repetições dos momentos altos no final do combate é bem vinda, embora é algo pode ser melhorado. A câmara utilizada é a mesma quando estamos a jogar, seria melhor utilizar vários ângulos alternativos para dar um aspecto mais real. Durante as repetições senti falta das falas dos comentadores a resumirem o combate, algo que gostaria de ver adicionado em futuras entradas da série.

Mais sobre WWE SmackDown vs. Raw 2011

O WWE Universe é maior novidade em Smackdown vs Raw 2011 e mistura alguns elementos do WWE Rivals do ano passado e também do GM Mode (que deixou de existir). Neste modo encontramos um calendário com todos os shows WWE (Smackdown, Raw, Superstars HD) e Pay-Per-Views. Para cada show existe uma lista de combates programados, mas não têm que seguir ou fazer nenhum deles, podem optar por escolher o tipo de combate e lutadores com que querem lutar. O WWE Universe está sempre activo, até nos combates Exibition (existe a opção de desligá-lo).

A funcionalidade do WWE Universe é criar uma dinâmica que nos faça sentir como se estivéssemos a presenciar um verdadeiro espectáculo da WWE. Para alcançar isto são usadas as rivalidades entre os lutadores. Dentro do WWE Universe é possível ver todos os aliados e inimigos de cada lutador bem como as equipas Tag team. Se dois lutadores não gostarem um do outro e houver um combate entre os dois, provavelmente vão começar a atacar-se mesmo antes da campainha tocar. A meio de um combate podem existir interferências de outros lutadores e quando um combate acaba podem surgir ataques pelas costas, tal como por vezes acontece na WWE.

No fundo, o WWE Universe é uma evolução do WWE Rivals da edição de 2010, no entanto não conseguiu atingir o efeito desejado. Nos primeiros combates dá gosto ver as rivalidades entre os lutadores em acção, mas é pena que conforme formos jogando cada vez, a dinâmica criada por este modo torna-se previsível, aborrecida e perde toda a piada. O que realmente faz falta no WWE Universe são storylines verdadeiras em vez de ataques aleatórios entre lutadores rivais. Felizmente para isso temos o Road to Wrestlemania.

Há semelhança do ano passado, o Road to Wrestlemania deixa-nos escolher cinco lutadores e seguir a sua respectiva storyline até ao maior evento de wrestling, a Wrestlemania. Os cinco lutadores disponíveis neste modo são o Undertaker, Christian, John Cena, Rey Mysterio e Chris Jericho. Na verdade não podemos escolher o Undertaker, escolhemos Kofi Kingston, Ziggler, Jon Morrison, R-Truth ou um lutador criado por nós, e com um deles vamos envolver-nos numa storyline com o Undertaker.

Comentários (7)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!