Tom Clancy's H.A.W.X. 2

Vida nos ares.

Versão testada:

Há cerca de um ano e meio Tom Clancy viu o seu legado no mundo dos videojogos expandido até aos céus com o primeiro High Altitude Warfare eXperimental Squadron. Agora, com a chegada de HAWX 2, a Ubisoft continua a ir de encontro ao mote do primeiro: os HAWX auxiliam as forças Ghost Recon quando estes estão em apuros. O segundo jogo da série é isso mesmo, um contemplar da guerra sob o olhar daqueles que tudo vêm. Mas não só.

Antes de ser um jogo de aviação, HAWX 2 é um jogo de guerra, e não se acanha em mostrar ao jogador, não raras vezes, cenas de combate terrestre ou qualquer outro tipo de acção importante para o enredo. Tanto é que por vezes dá vontade de saltar da aeronave e ver o outro lado da batalha em que participamos – não dá. Mas não é por isso que HAWX 2 se torna monótono na sua execução já que é notável a preocupação sentida em oferecer ao jogador distintas formas de actuar em jogo.

A busca por alternativas às inevitáveis Dogfights é assim materializada com, entre outras, as missões de espionagem presentes, nas quais deverão, a título de exemplo, comandar um UAV de forma a fazer escutas ou rastrear inimigos. Pilotar um AC- 130 Gunship para desbravar metal é também opção. Estas variações revelam-se importantes para o entrosamento e apreciação do enredo, já que para além de incentivarem o relacionamento com outros formas de actuar em guerra, acabam também por ser um óptimo aliado ao combate daquele que seria o maior inimigo de HAWX 2 – o aborrecimento. Por muito diferente que cada missão fosse, o jogador iria estar sempre abordo de uma aeronave, restringido a mandar aviões para a sucata ou a fugir a exames de mísseis.

Mais sobre Tom Clancy's H.A.W.X. 2

A campanha torna-se gratificante pois não demonstra qualquer receio em afastar-se do "normal" para recrear uma experiência mais entusiasmante para o jogador. Não é que muitos dos argumentos para tal já não tenham sido vistos em outras ocasiões, simplesmente gostei de os ver neste estilo. Apresenta uma intriga cheia de surpresas e reviravoltas. Para tal, o jogador será convidado a comandar 3 distintas organizações: os HAWX e as forças aéreas da Rússia e Grã-Bretanha. Seguindo os 3 planos como base, o jogador terá a oportunidade de interagir com cada uma das forças e ainda testemunhar a relação e a crescente tensão entre as mesmas.

Ao longo da campanha terão a oportunidade de actuar sobre diversos factores de pressão – a defesa de objectivos, o bloqueamento electrónico ou o simples cair da noite. Caberá a cada jogador decidir qual a melhor forma de enfrentar o inimigo com o arsenal que tem ao dispor. Esse arsenal será mais reduzido consoante o nível de dificuldade que escolhem para a campanha – existem três. As 20 missões deverão durar cerca de 7 a 8 horas, fugindo um pouco a este número dependendo do nível de perícia e dificuldade escolhida. Uma vez findada ficará ainda muito por fazer.

Comentários (3)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!