PUBG na Xbox permite-te aceder ao ecrã de definições do PC

O que significa este ecrã?

por Jorge Salgado. Publicado 14 Dezembro 2017

PlayerUnknown's Battlegrounds na Xbox One continua a ser fonte de descobertas fascinantes, incluindo a adição de um ecrã de definições ao estilo do de um PC que mostra a resolução e as opções dos gráficos. O menu em si mesmo não funciona mas sugere que a versão do jogo na Xbox One normal corre a 1080p, as definições mais baixas do PC. Por sua vez, aceder a este menu na Xbox One X dá-te uma experiência diferente, com uma resolução de 4K e os gráficos na opção média. Mas será esta uma representação precisa dos visuais do jogo? Fomos descobrir.

A existência do menu veio ao de cima através dos fóruns ResetEra, revelando que, ao ligares um teclado à consola e premires 'O', podes abrir o menu em questão. Contudo, indo mais longe, podemos confirmar que outras funções do teclado se encontram activas, incluindo movimento WASD e a habilidade de aceder a itens específicos ao premires um único botão. Aqueles que estavam à espera de controlos de teclado e ratos completos ficarão desiludidos - nenhum dos nossos ratos funcionou de todo na versão consola do jogo. Para além de suporte USB, é o estado das definições da consola que nos causa preocupações. Para além dos seus problemas a nível de framerate, serão os gráficos mais baixos da versão PC o melhor que PUBG consegue fazer na Xbox One?

Publicidade

A carregar...

Na análise da performance publicada ontem, confirmámos a existência das resoluções Full HD nativo e Ultra HD nas versões Xbox One e Xbox One X, respectivamente - vai de encontro à informação encontrada neste menu. Todavia, pela nossa experiência, a maior parte dos ports para consolas contêm uma selecção de definições dentro de uma vaga de presets disponíveis, com o objectivo de atingir um maior equilíbrio entre qualidade visual e performance. PUBG segue os mesmos princípios até determinado ponto, mas com resultados mistos.

Primeiro, iremos debruçarmo-nos sobre a versão da Xbox normal. Elementos da sua apresentação são muito semelhantes ao preset de qualidade baixa mas, para o bem e para o mal, foram feitos alguns ajustes ao jogo para o PC, pelo que não é uma correspondência exacta. Anti-aliasing está presente, para além de ambient occlusion - algo que não encontras na experiência PC com as definições mais fracas. As texturas foram também ligeiramente melhoradas na Xbox One, mesmo que a sua apresentação esteja ainda a léguas do que seria ideal. A inclusão do desfoque AA contribui também para a falta de claridade em algumas superfícies, especialmente de uma perspectiva mais afastada.

De forma geral, é melhor que a versão mais fraca do PC, apenas com um punhado de excepções: a distância de horizonte tem uma clara vantagem na versão PC, e a profundidade de campo é inexistente. As edições de consola de jogos multi-plataforma contêm, por norma, uma selecção de definições médias ou altas, pelo que a apresentação de PUBG na Xbox One continua a estar muito aquém das expectativas.

Publicidade

A carregar...

Passando agora para a Xbox One X, poderás encontrar imensas semelhanças com a qualidade média da versão PC; com algumas variações. Novamente, a consola tem uma vantagem no que diz respeito à qualidade das texturas e notámos, também, uma claridade adicional que supomos ser resultado de um ajuste ao anti-aliasing (se bem que pode estar apenas relacionado com a variação da hora do dia - foi impossível recriar as mesmas condições no PC e na consola). A distância do horizonte continua a não ser a ideal, quase equivalente à opção mais fraca da versão PC mas, ainda assim, uma melhoria face à Xbox One normal.

Xbox One X
PC 4K Medium
Xbox One
PC 1080p Very Low
Xbox One X
PC 4K Medium
Xbox One
PC 1080p Very Low
Xbox One X
PC 4K Medium
Xbox One
PC 1080p Very Low
Xbox One X
PC 4K Medium
Xbox One
PC 1080p Very Low
Xbox One X
PC 4K Medium
Xbox One
PC 1080p Very Low

É um cenário extremamente caricato - o ecrã de opções parece a ressaca do processo de converter o jogo para PC em vez de um guia do que as consolas estão a transmitir. Provavelmente, devemos considerar estes dados como o ponto inicial da produção do jogo antes que ajustes fossem realizados para cada uma das plataformas. A Xbox One X é, na sua maioria, uma correspondência ao preset médio do PC mas existem, ainda assim, imensas diferenças do lado Xbox. São essencialmente melhorias, felizmente, mas não deixa de ser uma desilusão que, apesar de certas áreas terem sido trabalhadas, a Xbox One consegue ser uma experiência abaixo da versão mais fraca do PC noutras áreas.

Ao compararmos as duas consolas, a distância do horizonte parece ter sido o principal problema para os produtores, precisando de ajustes. Os 5GB de memória disponíveis na Xbox One e os 9 GB na Xbox One X foram, até certo ponto, bem aproveitados; com isto dito, a apresentação geral continua a ser pouco polida neste aspecto: as texturas do PC em modo Ultra são uma melhoria clara em comparação àquilo que a X pode fazer, apesar da quantidade de RAM que possui.

A presença de suporte para teclado - e, por extensão, o acesso a este menu de opções - é o resultado da natureza early access do jogo e que será possivelmente removida num update futuro. O facto dos utilizadores poderem aceder a estas opções sugere que a versão Xbox de PUBG ainda se encontra nos seus primórdios, dando-nos esperança de que possa ser melhorada de forma significativa. Da nossa perspectiva, existe ainda muito trabalho a fazer para colocar PUBG num estado decente, com performance mais estável e uma resposta mais precisa dos controlos alguns dos parâmetros a precisarem de atenção séria. Fazemos fisgas para que estas melhorias tão necessárias não demorem muito a chegar à Xbox.

Comentários (38) Lê o artigo em Eurogamer.pt

Conteúdos relacionados